Comentários:
De claudia dias a 8 de Abril de 2013 às 16:44
cada pessoa e livre de dar a sua opiniao cada um tem os seus habitos a sua maneira de pensar, deus queira que a senhora que escreveu este comentario infeliz nunca passe por uma situacao deste tipo e que nunca tenha nenhum familiar nessa situação. A senhora critique os toureiros e as corridas a vontade agora nao fique feliz e nao critique o que acontece ou deixa de acontecer se nao concorda, engola para si!!! nao venha falar do que nao sabe ser toureiro ou forcado e uma forma de viver a vida e que na minha modesta opiniao e muito digna, cada pessoa e livre de acreditar no que quiser e ninguem tem o direito de julgar ninguem nao gosta? nao veja... nao julgue olhe para si porque certamente nao e prefeita.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Abril de 2013 às 17:46
Olhe claudia dias, se não percebeu o que escrevi, vá para a escola, aprender a ler.

E tudo o que me apetece dizer sobre o seu comentário é que, um dia, quando estiver moribunda (como o Touro está quando os COVARDES FORCADOS o vão torturar AINDA MAIS), uns oito brutamontes agarrem no seu corpo moribundo, e façam o mesmo que os covardes forcados fazem ao Touro.

Tenho certeza absolutíssima que o seu comentário seria outro. E sabe porquê?

Porque a claudia dias e o Touro são animais que sofrem a DOR de igual maneira.

Se não sabe nada sobre animais, vá aprender.

E quer saber mais, sabe quem colocou o Nuno numa cadeira de rodas, tetraplégico? Não foi o Touro, mas quem NÃO lhe prestou a assistência adequada no transporte da arena para os bastidores.

E ao que parece, ele faria tudo outra vez. Portanto, o que poderei eu dizer que ofenda uma tal criatura que fica tetraplégica, e voltaria a ficar, só para voltar à arena e torturar covardemente mais Touros?

Raciocine um pouco, antes de dizer disparates.
Certo?

Comentar post