Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2013

GRUPO DE FORCADOS ACADÉMICOS DE LEIRIA NÃO ENVERGONHEM UMA JUVENTUDE QUE SE QUER ÚTIL À SOCIEDADE

 

 

 

Este é o Grupo de Forcados Académicos de Leiria (GFALeiria), constituído por ESTUDANTES do Instituto Politécnico de Leiria

 

 

Segundo os próprios, este Grupo é essencialmente um grupo actual (talvez quisessem dizer medieval) de 16 amigos aficionados, todos estudantes (serão mesmo estudantes?) de Leiria, que ambiciona formar o grupo e trazer novamente ao de cima a afición e cultura (a cultura da tortura?) tauromáquica a Leiria.

 

Nesta fase inicial de formação do grupo, o objectivo destes jovens ESTUDANTES é arranjar locais para treinos e conhecer os aficionados espalhados por Leiria e arredores. E a grande ambição deles (imagine-se) é conseguir «fardar oficialmente, e ser apresentado numa corrida».

 

Que ambição mais pobrezinha e indigna de ESTUDANTES que dizem viver no mundo ACTUAL, ó jovens de Leiria!

 

Será que vocês vivem?

 

Não, não vivem. Andam no mundo só por ver andar os outros. Se vivessem não se dedicariam, com toda a certeza, à tortura de Touros moribundos, à covardia das covardias, imprópria para jovens que se querem modernos e arejados da cabeça.

 

Esta, como tantas vezes já foi dito, é uma questão de bom senso, de civilização, de evolução, de educação, de cultura culta, de coisas que vocês desconhecem, porque ainda vivem rodeados de IGNORÂNCIA.

 

Quem são os vossos professores?

 

Não vos ensinam a SER HOMENS?

 

EVOLUAM. Façam esse favor a vós próprios.

 

Não queiram passar por COITADINHOS!  

 

Sabem o que é um forcado? Um forcado é simplesmente um COVARDE que tem o petulância de torturar um ser que já está mais morto do que vivo, quando o vão “pegar”. Isso é de HOMENS INTEIROS? Pensem um pouco.

 

Meus queridos jovens: estou aqui há um certo tempo a olhar para os vossos rostos, nesta fotografia.   

Vocês até são bonitinhos. Parecem-me simpáticos. Por que é que escolheram um ofício tão INÚTIL e tão PSICOPÁTICO como ser forcado? Pensem bem: acham que é de HOMENS atacar um touro moribundo?

 

Há tanta coisa com que podem divertir-se saudavelmente… Têm logo de manchar o vosso nome e a vossa reputação com algo tão estúpido e covarde?

 

Pensem nisso.

 

Ninguém vos quer mal.

 

Só queremos que sejam HOMENS DE BEM.

 

Como sabem, em 2013 a tauromaquia será ENTERRADA e passará à história, ou melhor, já está na história, como sendo uma aberração do homem predador.

 

O que terão para dizer aos vossos filhos e aos vossos netos?

 

Que um dia, quando eram jovens, foram COVARDES?

 

Eles, que viverão num mundo onde a tauromaquia estará para o mundo deles como o circo romano está para o nosso, sentirão VERGONHA de vós.

 

Pensem nisso.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:09

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Anónimo a 4 de Janeiro de 2013 às 18:57
Fale apenas quando souber do que fala. Chamar covarde a alguém porque simplesmente não partilha da sua opinião não tem lá muita lógica. Que mania de os anti-taurinos acharem que são mais inteligentes que todos os outros e que a sua opinião é absoluta e certa. Se a senhora é tão intelectual como aparenta, preocupe-se primeiro em aprender alguma coisa desta cultura, principalmente do que critica, os forcados, porque não faz a menor ideia do que está a falar, por mais que pense que sim, não faz!
De Isabel A. Ferreira a 5 de Janeiro de 2013 às 10:58
Primeiro, quando quiser criticar alguém, dê a CARA e o NOME.

Segundo, chamar COVARDE a um FORCADO não tem nada a ver com OPINIÃO. Tem a ver com FACTOS.

E os factos são que um grupo de alienados mete-se a valente diante de um Touro que está mais MORTO DO QUE VIVO. E a isso chama-se COVARDIA em qualquer parte do mundo. Quer vocês gostem ou não.

Andaram demasiado tempo sem que ninguém vos dissesse o que era ser COVARDE, e pensam agora que são uns heróis, por pegarem um Touro, todo esfarrapado, ensanguentado, nos estertores da morte, ainda VALENTE (ele sim) para defender uma VIDA QUE ESTÁ NO FIM.

Em qualquer parte do mundo, os que se atiram para cima de um MORIBUNDO (seja ele um ser humano ou um ser não humano) para o MOLESTAR é um grandessíssimo COVARDE.

Terceiro, a minha intelectualidade não tem nada a ver com o ÓBVIO. Só os CEGOS MENTAIS e os IGNORANTES não vêem, não sabem que SER FORCADO É A COVARDIA DAS COVARDIAS.

E não é preciso ser-se muito inteligente para se VER o ÓBVIO.
De sou eu a 5 de Janeiro de 2013 às 12:08
vergonha é não permitir que os visados se defendam , vergonha é falar sem o minimo conhecimento do que diz , vergonha é uma pseuda-jornalista afirmar situações sem o minimo de conhecimento,vergonha é ser mal educada enfim uma pessoa triste e sem o minimo de educação ....
De Isabel A. Ferreira a 5 de Janeiro de 2013 às 14:09
Continuam no anonimato, por algum motivo obscuro há-de ser.

Olhe, senhor ou senhora “não sei quê”, VERGONHA é este comentário, que só diz do triste mundinho em que vivem os aficionados e afins, o que vem dar toda a razão à Causa Abolicionista.

Se os visados quiserem defender-se têm toda a oportunidade, desde que não venham para cá com obscenidades.

Quem não tem o mínimo conhecimento do que dizem são vocês, que acham que a TORTURA de um ser vivo é uma arte e cultura, coisa que nenhum país civilizado do mundo ACEITA nos tempos que correm. Isso é de tempos tenebrosos. Obscuros. Primitivos. Medievais.

EVOLUAM.

VERGONHA é um IGNORANTE OPTAR por ser IGNORANTE, depois de TODA A INFORMAÇÃO que está disponível na Internet sobre esta matéria PODRE, que é a tauromaquia.

Ah! Sim, uma “PSEUDA-JORNALISTA” pode não saber o que diz, mas uma JORNALISTA sabe muito bem do que está a falar.

VERGONHA É SER COVARDE.

Quanto ao ser mal-educada, é coisa que não me diz respeito, porque sei o que sou, quem sou, de onde venho e para onde vou. O que quero, e o que não quero.

Essa sua verborreia não me atinge, senhor ou senhora “não sei quê”.

VERGONHA, VERGONHA É SER FORCADO.
De Anónimo a 7 de Janeiro de 2013 às 00:15
Aos Senhores Covardes que nem o nome têm coragem de divulgar:

Sobre o vosso primeiro comentário ao artigo da Isabel (já que o 2º não tem qualquer possibilidade de resposta pela forma ordinária como falam) apenas tenho a dizer que aquilo que está escrito pela Isabel só demonstra que SABE DO QUE ESTÁ A FALAR. O vosso comentário, QUE É IGUAL AO QUE TODOS OS AFICIONADOS DIZEM, é que demonstra uma IGNORÂNCIA ATROZ sobre o que é um SER VIVO e
sobre o sofrimento dum SER VIVO perante as atrocidades que os aficionados lhes provocam.
Não sejam burros na interpretação do artigo da Isabel, já que COVARDES, se levarem por diante a vossa pretensão, está provado que são.
Vocês sabem em quantos países DE TODO O MUNDO há touradas? Em apenas 8 !!!
Porque será? Porque são mais evoluídos do que o resto do Mundo?
Pensem nisto e façam como a Isabel vos sugeriu: Informem-se, estudem, analisem o que representa uma tourada. O que são e que mentalidadezinha têm Forcados, toureiros e todos os que de alguma forma alimentam esse bárbaro espectáculo. Está lá tudo !! E cientificamente provado !!
De Carlos Ricardo a 12 de Janeiro de 2013 às 01:56
O comentário de 07 Janeiro às 00h15 que, por motivos desconhecidos apareceu como "Anónimo" é meu - Carlos Ricardo
De Isabel A. Ferreira a 12 de Janeiro de 2013 às 12:41
Obrigada, Carlos Ricardo.
De Luis Soares a 25 de Fevereiro de 2013 às 13:27
Mais uma vez... Acho que estão a falar sem conhecimento de causa. O forçado covarde? Como é possível dizerem isso?... Dizem que é covarde porque pega um touro já sem forças, (coisa que claro q não é verdade, mas que eu não vou argumentar), mas sim perguntar então, o que é que São os forcados que vão pegar ao Canada, em que o touro tem proteções e mais proteções, nao pode sangrar nem um pouco pois será logo recolhido. Quanto ao Numero de países, pois claro q são poucos, é uma questão de cultura e história dos próprios países... Só Portugal é que tem Fado... Porque será? Deviamos \"evoluir\"? O pop é que é! Só um país?... Q estranho... :)
De Isabel A. Ferreira a 25 de Fevereiro de 2013 às 19:19
A resposta a este comentário está no seguinte link:

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/236657.html

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Os muito terceiro-mundist...

Muita água correu debaixo...

Quando os ditadores se co...

Ecologistas espanhóis des...

Ao cuidado dos caçadores ...

Que superioridade será a ...

Que “25 de Abril” celebra...

Celebrando o Dia Mundial ...

PAN quer ouvir Ministra d...

PAN avança com proposta p...

Arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt