De António Pereira Dias a 26 de Dezembro de 2012 às 17:38
A Isabel ensandeceu. Completamente. Nunca ouvi ninguém discorrer tão destrambelhadamente sobre o tema. Se calhar devido a dieta desequilibrada - suponho que seja intransigentemente vegetariana (já visitou um matadouro de frangos ou de cabritos?) Mas, se quiser tratar-se, posso sugerir-lhe um especialista que lhe explicará em que parafuso reside o seu verdadeiro problema. Boas Festas e Bom Ano 2013
De Isabel A. Ferreira a 26 de Dezembro de 2012 às 18:24
Ó António Pereira Dias, destrambelhados andam vocês que já nem sabem o que dizem, o que escrevem, o que lêem. Não percebem nada.

Eu sei o que é um matadouro. É um lugar de MORTE. Um lugar de TORTURA. Um lugar que cheira a sangue. Um lugar horroroso. O inferno dos animais. Por isso, não os como. Não consigo pactuar com a MORTE.

Terei a minha (morte, quando ela chegar). E com essa entendo-me eu bem. Mas as dos animais SACRIFICADOS ao carrasco predador, não aceito.

Eu não preciso de um especialista para que me diga qual o parafuso que tenho desapertado. Sabe porquê? Porque sou feita de carne e osso e sangue e vísceras e coração e fígado como os meus irmãos TOUROS. Por isso os entendo tão bem, e abomino as AITUDES de quem os tortura.

As minhas festas NUNCA serão BOAS enquanto houver torturadores de seres humanos e não humanos no mundo.

O ano 2013 será bom, sim, pois ENTERRAREMOS a tauromaquia.

E desejo-lhe que tenha um óptimo ano com o FIM DAS TOURADAS.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.