Domingo, 26 de Abril de 2015

As tragédias do Nepal

 

Sei que posso chocar-vos, mas isto acontece no Nepal: sacrifício brutal de animais.

Em nome de quê?

 

f_279369 Sacrifício de animais no Nepal.jpg

 

f_279370 NEPAL.jpg

Foto: Roberto Schmidt/AFP

in: http://noticias.band.uol.com.br/mundo/noticia/?id=100000722641&

 

Então ocorre-me pensar algo terrível, que não devia pensar.

Mas é preciso saber ler os sinais que as forças do Universo nos enviam, todos os dias.

 

TERRAMOTO NEPAL.jpg

Um cismo de grande magnitude dizimou milhares de nepalenses

 

O mundo anda de olhos vendados e não sabe interpretar estes avisos da Mãe Natureza. É que somos todos (animais humanos e animais não-humanos) filhos dessa mesma Mãe.

 

Diz quem sabe (não sou eu que o digo, porque nada sei) que o tempo do ajuste de contas já chegou, e pelo que está a acontecer por todo o mundo, acredito nisso plenamente.

 Fonte:

https://www.facebook.com/UNFFT/photos/pcb.10152951203419825/10152951201509825/?type=1&theater

 

Sejamos então humildes, e reduzamo-nos à nossa insignificância.

É que nada mais somos do que simples grãos de poeira cósmica...

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:30

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 25 de Abril de 2015

Hoje comemora-se o "25 de Abril" de 1974 com um pé no dia 24 de Abril desse mesmo ano…

 

… com uma ditadura de partidos da direita (PSD/CDS e PS – qual a diferença?) fantasiada de “democracia”…

E o povo português ainda não se deu conta disso?

Mudaram-se os tempos, mas não as vontades…

Como cidadã portuguesa sinto-me defraudada.

Hoje nada tenho para comemorar, porque não foram cumpridos os ideais de Abril de uma Democracia plena.

 

25-de-Abril-de-1974[1] ABRIL.jpg

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:19

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 24 de Abril de 2015

A POLÉMICA DA CAMPANHA VAMOS “ENTERRAR AS TOURADAS»

 

Esta é uma campanha que a Associação ANIMAL encetou.

 

A Ana Galvão iniciou-a. Nuno Markl e o Ricardo Araújo Pereira seguiram-na, bem como o humorista Diogo Faro, o humorista, guionista e apresentador de TV Guilherme Fonseca, a música e instrumentista  Sandra Baptista, Fernando Alvim, radialista, humorista e apresentador de TV português, o radialista Nuno Calado, o actor Philippe Leroux, o artista plástico Leonel Moura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Ora acontece que a prótoiro sentiu-se atingida pelas verdades que o Nuno Markl e o Ricardo Araújo Pereira magistralmente disseram neste vídeo.

 

Cobardes como são, os da prótoiro trataram logo de ir queixar-se à Rádio, para a qual estes dois cidadãos portugueses, livres e lúcidos, trabalham (como se os órgãos de comunicação social não pudessem criticar esta “coisa” indigna de seres humanos, e só não o fazem devido a um motivo que não trarei para aqui, por respeito a estes dois Grandes Senhores da Rádio) e que obrigou o Nuno a escrever o seguinte, na sua página do Facebook:

 

«A opinião que o Ricardo Araújo Pereira e eu temos sobre as touradas é a nossa, não é nenhuma opinião da empresa em que trabalhamos. Por isso, na próxima semana, faremos um remake do vídeo em território neutro, para que não haja confusões.

 

A nossa opinião sobre o assunto, essa mantém-se.

 

Caros aficionados: eu e o RAP manifestámos a nossa opinião sem vos insultar ou ameaçar de pancada/morte. Não vos queremos mal, queremos é o bem dos touros. Essa é uma diferença importante. Tentemos ser uma sociedade digna desse nome e manter o debate sem agressões pessoais - e isto é válido também para quem está do nosso lado da polémica: baixar o nível lixa tudo para ambos os lados. Não lixa tanto como ao touro, mas lixa.

 

***

 

Tem toda a razão Nuno Markl.

 

Mas houve um aficionado que dirigiu ao Nuno este bilhete:

 

«Caro Nuno Markl, com todo o respeito acho lamentável a sua intervenção no video, se queria intervir adequadamente tinha-se informado sobre o que ia falar e não chegar e dizer ''vamos ver um animal a sofrer'' !

 

 

Se tivesse pesquisado sobre o assunto profundamente teria encontrado estudos que comprovam que o Toiro de Lide não sofrer durante a própria lide, que é uma raça selecionada e modificada geneticamente através do seu cruzamento ao longo de seculos, o que o fez desenvolver β-endorfinas especificas que não permitem ao Toiro qualquer sofrimento durante a Lide!

 

 

E quanto á questão da violência, se tem amigos que são realmente aficionados e fala com eles sobre isso vai perceber a paixão e o amor pela festa e não qualquer violência ao pronunciar-se sobre a mesma!

 

Obrigado

João Diogo»

 

***

(Essa das β-endorfinas é que me deixam intrigada... Como gostava de as produzir também, para ver se não sofria tanto por causa destes ignorantes...)

***

O que se passa é que está mais do que provado de que os Touros, sendo animais sencientes tal como nós, sofrem horrores tal como nós sofreríamos se nos torturassem do mesmo modo que os torturam a eles, nas arenas.

 

Este parágrafo:

 

«Se tivesse pesquisado sobre o assunto profundamente teria encontrado estudos que comprovam que o Toiro de Lide não sofrer durante a própria lide, que é uma raça selecionada e modificada geneticamente através do seu cruzamento ao longo de seculos, o que o fez desenvolver β-endorfinas especificas que não permitem ao Toiro qualquer sofrimento durante a Lide!»

 

foi escrito por alguém completamente ignorante, que não apresentou esse tal “estudo”, porque além desse tal estudo não existir (como poderia?) é totalmente inconcebível dizer que um mamífero, um bovino, um herbívoro, um animal possuidor de um sistema nervoso central tal como nós, não sofre ao ser torturado tão barbaramente.

 

Só um ignorante o diz.

 

Além de que se o que se diz neste parágrafo fosse verdade, os que praticam tal barbaridade deviam estar na cadeia, porque não existe lei alguma que permita modificar geneticamente um ser vivo para ser torturado e divertir broncos.

 

E se o touro “geneticamente modificado” não sofre, porque é que grita tanto quando lhe cortam os cornos, quando o bandarilham, quando lhe trespassam o corpo com uma espada?

 

Porque é necessário a banda de música tocar tão alto para que não se ouçam os gritos e os relinchos de dor dos touros e dos cavalos?

 

As mentiras que passaram de geração em geração tornaram-se verdades apenas para aqueles que se recusaram a evoluir.

 

Mas hoje, só é ignorante quem opta por ser ignorante.

 

Vão pregar as vossas mentiras para outra freguesia, aficionados.

 

Nesta, na nossa, as vossas mentiras podem ser desmentidas, uma a uma.

 

E é isso que me proponho fazer.

 

Quanto ao vídeo do Nuno e do Ricardo é uma grande lição da civilidade, da lucidez, da evolução e da ética que falta aos que praticam, aplaudem e apoiam a selvajaria tauromáquica.

***

NUNO MARKL E RICARDO ARAÚJO PEREIRA AMEAÇADOS DE PANCADA E MORTE

 

Isto só demonstra o baixo nível moral, social e cultural de quem tem a selvajaria tauromáquica por "coisa civilizada".

 

Mas a culpa não é dos da prótoiro, que só conhecem a violência e a crueldade.

 

A culpa é de uma legislação que permite essa violência e crueldade contra seres sencientes, para divertir criaturas insencientes, estendendo-se essa violência e crueldade também a Seres Humanos, como o Nuno Markl e o Ricardo Araújo Pereira.

 

Também já me ameaçaram a mim... de morte e apanhar-me numa esquina...

 

Enquanto essa selvajaria for permitida por lei, este clima de pugilato vai andar no ar... por aí...

 

Mas quem tem medo de cobardes?

 

Ler a notícia aqui:

http://www.sol.pt/noticia/388278

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:03

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

ABOLIÇÃO DA TAUROMAQUIA EM PORTUGAL E NO MUNDO

 

ABOLIÇÃO da tauromaquia em Portugal e no Mundo

 

Enterrartouradas.org

 

ENTERRAR TOURADAS.png

 

http://enterrartouradas.org/index.html

 

https://www.facebook.com/enterrartouradas

 

 

ASSINE E DIVULGUE:

Proibição de subsídios públicos a actividades tauromáquicas

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT72070

 

Proibição da assistência e trabalho de menores em espectáculos tauromáquicos

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT72071

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 13:59

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 23 de Abril de 2015

Ligação entre abuso animal, maus-tratos a crianças, violência doméstica e violência contra idosos

 

abuso animal.png

 

 

DENUNCIAR.png

 

VIOLÊNCIA.jpg

 

A ligação entre a violência contra as pessoas e violência contra os animais está bem documentada e é objecto de pesquisa internacional desde há décadas. Na sua forma mais simples: a violência contra animais é um aviso de que o agressor pode tornar-se violento para as pessoas, e vice-versa.

 

The Link between violence to people and violence to animals is well documented by research. In its simplest form: violence to animals is a predictor that the abuser may become violent to people, and vice-versa.

 

Abuso é abuso não importa o género ou quem é a vítima.

 

Abuse is abuse no matter what the form or whom the victim.

 

Quando alguém maltrata um animal, a pergunta importante a fazer é: "Quem será o próximo?"

Os crimes contra as pessoas estão ligados a um conjunto de crimes contra os animais, e três tipos específicos de abuso de animais estão ligados a crimes contra as pessoas: agressão sexual contra animais (bestialidade), acumulação animal, e luta entre animais.

 

When someone harms an animal, the important question to ask is, “Who will be the next?”

 

Crimes against people are tied to a myriad of crimes against animals, and three specific types of animal abuse are linked to crimes against people: sexu­al attacks against animals (bestiality), animal hoarding, and animal fighting.

 

Quando múltiplas formas de violência ocorrem em casa, incluindo o abuso animal, a casa está em maior risco de violência contínua se todas as formas de violência não forem sanadas.

 

When multiple forms of violence happen at home, including animal abuse, the home is at increased risk of escalated and continued violence if all forms of violence are not resolved.

 

O abuso contra animais é mais prevalente em lares onde vivam crianças que tenham historial de abusos ou violência.

 

The animal abuse is more prevalent in homes where children who have a history of abuse or violence live.

 

A Crueldade Animal está referenciada como um dos sintomas do transtorno de personalidade.

 

Animal Cruelty is referenced as one of the symptoms of “personality disorder”.

 

Os animais de estimação da família podem ser alvos de ameaças, maus-tratos ou morte para se fazer "chantagem emocional" e forçar as vítimas humanas a obedecerem e a manterem-se em silêncio sobre o abuso.

 

Family pets may be targets of intimidations, harm, or killing to “emotionally blackmail” and coerce human victims to comply with and remain silent about abuse.

 

Os membros da família que sofrem de violência doméstica, podem ser mais propensos a permanecer num lar abusivo, ou voltar para casa, se não tiverem um lugar seguro para colocar os seus animais de estimação.

 

Family members who suffer domestic violence may be more likely to remain in an abusive home, or return home, if they do not have a safe place to put their pet.

 

Quando as crianças testemunham a violência no lar, ficam em risco aumentado de demonstrar violência para com os animais.

 

When children observe violence in the home, they are at increased risk of displaying violence toward animals

 

Aqueles  que entendem essa relação de crimes em relação aos animais e as pessoas, estão em melhor posição para prevenir a violência futura e proteger a sua comunidade.

 

Those who understand this linkage of crimes towards animals and people are in a better position to prevent future violence and protect their communities.

 

Assim como as pessoas, também os animais de estimação podem ser vítimas de violência doméstica. Muitos donos, especialmente aqueles que são abusados, não podem querer separar-se do seu animal de estimação ao deixar o lar abusivo. Portanto, as vítimas humanas ficam propensas a permanecer no ambiente abusivo e expor-se aos seus filhos e seus animais de estimação para a continuação da violência. O treino dos socorristas às vítimas de violência doméstica deve incluir também a questão animal.

 

Just like people, pets can also be victims of domestic violence. Many pet owners, especially those who are battered, may not wish to be separated from their pet if they leave the abusive home. Therefore, they are likely to stay in the abusive environment and expose themselves, their children and their pets to continued violence. The training of first responders to victims of domestic violence should also include animal matter.

 

Um dos primeiros estudos internacionais que abordaram a relação entre o abuso infantil e o abuso de animais descobriu que 88% dos lares com crianças abusadas fisicamente também incluiu abuso ou negligência do animal de estimação da família.

 

One of the first studies to address the link between child abuse and animal abuse discovered that 88% of homes with physically abused children also included abuse or neglect of the family pet.

 

Crianças que crescem expostas à violência crónica podem desenvolver a crença de que lesar um animal, assédio moral, comportamento inadequado e outras atividades criminosas, são normais.

 

Children who grow up exposed to chronic violence may develop beliefs that harming an animal, bullying, misbehaving and other criminal activity is the norm.

 

O abuso pode incluir agressão ou violência contra a pessoa idosa e o seu animal de estimação, mas também pode incluir roubo de propriedade, dinheiro e informações financeiras. Se o animal de estimação está presente na casa da pessoa idosa, pode tornar-se um alvo para se exercer coerção sobre o ancião. Mas, devido a crenças geracionais ou isoladamente, o idoso não relata o abuso.

 

The abuse may include aggression or violence toward the elder person and their pet, but can also include theft of property, money and financial information. If a pet is present in the elder person’s home, the pet can become a target to exert coercion over the elder. But due to generational beliefs or isolation, the elderly person may not report the abuse.

 

Este é o resumo do Guia escrito por Allie Phillips (Directora e Fundadora do National Center for Prosecution of Animal Abuse at the National District Attorneys Association).

 

Fonte:

https://www.facebook.com/notes/826007704119635/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:40

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 22 de Abril de 2015

CRIANÇAS USADAS COMO “ISCO” PELA INDÚSTRIA TAUROMÁQUICA

 

Este toureiro está a infringir a lei.

 

Estas crianças têm menos de 10 anos de idade.

 

O que é que as autoridades portuguesas têm a dizer?

 

ESCOLA BILHETES TOURADAS.jpg

Isto é uma forma de maus-tratos e uma violência psicológica contra crianças.

 

Eis a prova de que a tauromaquia está a chegar ao fim e de que vale mesmo tudo na tentativa de compor a lotação das praças!

 

Na foto, pode ver-se um toureiro a oferecer bilhetes para touradas a crianças, com menos de 10 anos de idade! Um escândalo!

 

Hoje, esteve em duas escolas, e já tem agendadas mais visitas a outras. Segundo afirmou à rádio Elvas (note-se que as palavras que se seguem são do próprio), o objectivo é:

 

– “Sensibilizar as crianças e os mais novos para que cada vez acudirem mais às praças de toiros e criar aficionados logo desde pequeninos porque é uma tradição que se está a perder aos poucos e poucos, se não formos nós próprios dentro da festa a criar esses aficionados e a divulgar o que é a corrida de toiros e mostrar o que é a nossa tradição aos mais novos, para que puxem os pais e puxem os avós para enchermos as praças”.

 

[Artigo na Rádio Elvas:

http://www.radioelvas.com/index.php?option=com_content&view=article&id=23722%3Amarcos-tenorio-divulga-tauromaquia-nas-escolas-de-elvas&catid=1%3Aregional&Itemid=25]

Fontes:

Marinhenses Anti-Touradas

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/04/21/criancas-usadas-como-isco-pela-industria-tauromaquica/

***

Como disse, toureiro?

 

Sensibilizar crianças para a violência e crueldade?

 

Isto é uma forma de maus-tratos e uma violência psicológica contra crianças.

 

Selvajaria tauromáquica é tradição, toureiro?

 

Onde? Em que parte do Universo?

 

No Planeta Terra não é com toda a certeza.

 

Será apenas nos côncavos do crânio vazio dos que ainda não evoluíram. E só.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:12

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 21 de Abril de 2015

CHIMPANZÉS RECONHECIDOS COMO PESSOAS NOS EUA

 

Até que enfim que algo racional acontece no mundo dos animais humanos.

Reconhecer como pessoas os chimpanzés não é mais do que conhecer-se a si próprio, pois o que somos senão animais como os "outros"?

 

O que nos separa desses "outros" é muito, muito menor do que aquilo que nos une.

 

Então, qual é a dúvida?

 

Só lamento que esse passo evolutivo não se estenda a outros mamíferos. (I. A. F.)

 

2015-04-21-RTR2XYAD CHIMPAMZÉ.jpg

 

Pela primeira vez, na história dos Estados Unidos, um juiz concedeu Habeas Corpus a dois chimpanzés, detidos num centro de investigação, onde estavam a ser usados em experiências.

 

Hercules e Leo estão finalmente livres. Da Universidade de Stony Brook, em Nova Iorque, e das experiências que estavam a ser sujeitos naquele centro de investigação.

 

E tudo isto, graças à persistência da Organização não-governamental, Projeto Direitos dos Não Humanos, e à decisão da Juíza norte americana, Barbara Jaffe.

 

Na passada Segunda-feira, o Supremo Tribunal de Manhattan concedeu Habeas Corpus a dois chimpanzés atribuindo assim, aos dois animais, os mesmos direitos que tem o homem.

 

A Lei, a Ciência e a História provam que os chimpanzés têm características, incluindo autoconhecimento e empatia, que «instituem personalidade» e o correspondente direito à liberdade, argumenta a organização que não podia estar mais contente com esta decisão.

 

Os animais vão ser agora libertados e enviados para um santuário para viverem o resto das suas vidas em liberdade.

 

Esta decisão abre um precedente legal e dá ainda mais força à Organização Projeto Direitos dos Não Humanos, para continuar o trabalho.

 

«Temos evidências científicas, para provar em tribunal, que elefantes, baleias e golfinhos são autónomos e por isso têm direito a viver em liberdade» disse Natalie Prosin, do Projeto Direitos dos Não Humanos.

 

Existem ainda dois casos semelhantes a este. Dois chimpanzés, o Kiko e o Tommy aguardam decisão dos vários recursos interpostos pela organização Projeto Direitos dos Não Humanos.

 

Fonte: http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2015-04-21-Chimpanzes-reconhecidos-como-pessoas-legais-nos-EUA

Fonte:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/04/21/chimpanzes-reconhecidos-como-pessoas-legais-nos-eua/comment-page-1/#comment-267

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:51

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 20 de Abril de 2015

DESOBEDIÊNCIA CIVIL: APOIO À CAUSA «CONTRA O ACORDO ORTOGRÁFICO 1990»

 

«Eu já faço o meu boicote há bastante tempo: não compro livros em AO/90, nem jornais, nem revistas. NADA. E até era uma boa cliente das livrarias.

 

LER é o meu VÍCIO.

 

LER, para mim, é um PRAZER, não uma tortura.

Daí não me consentir LER numa língua estropiada» (I. A. F.)

 

BOICOTE AO AO.jpg

 

Caros amigos, vamos fazer um favor à nossa Língua e não comprar um único livro impresso segundo a patética ortografia (exceptuam-se os livros escolares por razões óbvias), de resto, aqueles que não são essenciais à aprendizagem escolar, poderão ser ignorados e deixados no seu melhor lugar as prateleiras das livrarias e das lojas de batatas e cebolas: os hipermercados.

 

Esqueçam, também, os jornais e revistas mal redigidos, vamos tocar-lhes na ferida: os lucros, ou neste caso os prejuízos pela não-venda.

 

Os desgovernos fazem ouvidos-de-mercador, pois estão conluiados com as editoras, mas a estas a única coisa que lhes importa são a quantidade de livros vendidos e o capital recebido. Se não conseguirem os seus objectivos terão de voltar atrás.

 

in:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=362158327307452&set=gm.581739265262867&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:26

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 19 de Abril de 2015

O QUE SOU

 

Desconheço a autoria deste texto, que diz tanto de mim, como da pessoa que o escreveu

Por isso, transcrevo estas palavras como se fossem minhas, esperando encontrar o (a) seu autor (a)

 

SOU1.jpg

 

Procurando esclarecer algumas dúvidas acerca do trabalho que desempenho nesta vasta rede da INTERNET (o Facebook) quero dizer-vos que, diante do grande número de pedidos de amizade, notificações e outras..., surge a necessidade de estabelecer algumas prioridades, de modo a não desperdiçar energias naquilo que nada adianta, para as utilizar apenas no que considero importante.

 

Assim, para aqueles que se limitam a clicar no "gosto", fica um certo desencanto... Para @s outr@s, felizmente a grande maioria, que interagem expressando as suas opiniões, bem-hajam!

 

A todos procuro dar resposta, no entanto, sabemos que isso é humanamente impossível, até por uma questão de tempo físico.

 

Deixo-vos aqui uma breve lista das causas em que acredito e pelas quais me desdobro, aonde qualquer pessoa é livre de participar:

 

- Os Direitos de todos os Animais, Humanos e não humanos;

 

- O Direito a viver todas as formas de sexualidade, excepto se entrarem em conflito com os direitos de terceiros;

 

- O Direito a utilizar a Língua Portuguesa de forma "ética", respeitando a Etimologia das Palavras, com rejeição imediata e definitiva do AO90, que consideramos um "aborto ortográfico", assinado pela gabriela (sa)canavilhas, quando esteve sentada na cadeira do poder.

 

Em resumo, a minha luta é pela igualdade na diferença, sem quaisquer condições a negociar, porque todos somos cidadãos do Mundo, seja aqui ou no Brasil, em Espanha, na China ou em qualquer outro lugar.

 

Queria, também, incentivar as pessoas a expressarem mais as suas opiniões, pois da discussão das ideias é que nasce a luz que aniquila a ignorância, a qual está na origem de todos os ódios e de toda a crueldade.

 

PARA TOD@S, DESEJO QUE SEJAM FELIZES, POIS SÓ GENTE FELIZ CONSEGUE ANDAR PARA A FRENTE, NA CONSTRUÇÃO DE UM NOVO MUNDO, ONDE TODOS POSSAMOS VIVER EM PAZ E HARMONIA.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:26

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 18 de Abril de 2015

O MELHOR ELOGIO PÓSTUMO A MARIANO GAGO SERIA O DE OS MINISTROS PORTUGUESES SEGUIREM O SEU EXEMPLO NAS RESPECTIVAS ÁREAS

 

Eu respeitava Mariano Gago pelo exemplo que deu, enquanto governante.

Nenhum outro elevou Portugal, como este elevou.

Era um Homem da Ciência, que soube dar à Ciência a devida atenção.

Soubessem os outros Ministros ter a grandeza intelectual de Mariano Gago! Portugal não estaria na cauda da Europa. Mas no topo.

Até sempre, Senhor Ciência!

 

 

4644351665_d1ac57d620_z_0 MARIANO GAGO.jpg

 

Mariano Gago, o físico que aproximou Portugal

do século XXI

 

Ex-ministro é recordado pelo seu empenho no desenvolvimento da Ciência em Portugal, quando se multiplicou o número de investigadores e cresceu o número de estudantes formados em áreas científicas.

 

Ler a notícia aqui:

http://www.esquerda.net//artigo/mariano-gago-o-fisico-que-aproximou-portugal-do-seculo-xxi/36673?utm_source=dlvr.it&utm_medium=facebook

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:42

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

É dos piores casos de mau...

Raiva, muita raiva e repu...

Poucos saberão quem são a...

Chicken a la Carte

Ministério da Cultura (?)...

«Aquilo que uma minoria d...

«Os arrasadores de Portug...

Demolição do Padrão dos D...

«Mais Dinheiros Públicos ...

O regresso às trevas

Arquivos

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt