Sexta-feira, 21 de Setembro de 2012

O COMENTÁRIO DE FILIPA CAMPEÃO, NAMORADA DO FORCADO ARMANDO, QUE ANDA NAS BOCAS DO MUNDO, MERECE DESTAQUE, POR ISTO: «O QUE ESPERAVA? QUE FOSSE UM COMPLETO DESCONHECIDO A FAZER A DENÚNCIA?»

 

 

 

Filipa campeao disse sobre AFINAL O MÉDICO DO HOSPITAL DE ÉVORA DISSE: «ERA BOM PARA OUTRO COLEGA QUE FOSSE AFICIONADO», OU AS COISAS NÃO CORRERAM CÉLERES COMO DEVIAM, PORQUE O HOSPITAL SÓ TINHA UM ORTOPEDISTA DE SERVIÇO? na Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012 às 21:48:

 

A Filipa Campeão é namorada do Armando, o forcado, que um Touro já moribundo, reunindo todas as suas forças para, legitimamente, se livrar dos seus carrascos, conseguiu sair deste acto covarde ferido numa perna.

 

É preciso ter em atenção um pormenor: o FORCADO estava na arena por sua livre e espontânea vontade. O Touro estava lá FORÇADO. Não seria esperada tal reacção de um animal já tão torturado?

 

Só não vê isto quem é CEGO MENTAL.

 

A Filipa entendeu, e muito bem, vir a público defender o seu ponto de vista.

Mas antes de transcrever o texto (integral) que ela escreveu, devemos acrescentar que a Filipa estudou na FCSH - UNL (Turma de 2010 · Jornalismo · Lisboa).

 

Então diz ela:

 

 «Caro/a, como a namorada do forcado em questao (e sem apreciar especialmente touradas, eu propria), faço lhe um relato completo de tudo o que aconteceu para pensar melhor 2 vezes antes de me chamar mentirosa a mim ou a alguem que me rodeia: o armando chegou ao hospital c uma fractura exposta que, caso n saiba, deveria ter sido operada no maximo 6 horas apos o acidente, o tal medico de servico qd percebeu a origem da lesao disse \" vao la chamar o dr. X q esse e q e esse e q e aficcionado\", sendo q a partir desse momento tratou o com total desprezo, desde dar lhe pontos a sangue frio, ate passar por ele quando ele gritava de dores, sorrir e nada fazer.»

 

Não aprecia touradas? O que não faria se apreciasse!...  Primeiro: quem chamou MENTIROSA à Filipa foi a própria Filipa, e você lá saberá porquê... Eu chamei MENTIROSA à prótoiro. Quanto à descrição que faz do sucedido, ponho as minhas reticências... pois não diz a treta com a careta. E essa do “sorriso” do médico às dores do forcado, nem o próprio ANTÓNIO PEÇA o faria. A má fé toldou-lhe as vistas, Filipa. E isso é muito feio.

 

«Nunca foi dito que houve recusa de tratamento, o que houve foi recusa de tratamento adequado pois o armando deveria ter sido operado IMEDIATAMENTE e, n havendo medico disponivel para o operar, deveria ter ido de urgencia para lisboa.

 

Mas diga-me, ja q esta tao bem informado/a, como chegou a conclusao que o enfermeiro era meu irmao? N sera antes meu pai? Lol o que esperava? Q fosse um completo desconhecido a fazer a denuncia? So mais uma prova da sua ignorancia, falta de informacao e, acima de tudo, de bom senso, afinal de contas, foi uma vida HUMANA q esteve em risco

 

Nunca foi dito que houve recusa de tratamento? Ai agora já se diz o dito pelo não dito? Que história TÃO MAL CONTADA! Vá ler o que dizem as notícias e a prótoiro. Não havia médico disponível? Pois... Assim está mais a condizer com a verdade, não com a mentira da recusa de tratar um forcado.

 

O Hospital falhou? Os hospitais falham tanto, por falta de meios! Eu já fiquei torcida de dores sentada no chão de um hospital, porque não havia macas. Não foi por eu ser FORCADA, DEUS ME LIVRE DE TAL PRAGA! E no entanto não andei a dizer mal dos médicos, porque havia tanta gente a precisar de atendimento e tão poucos a atender...

 

O Armando não foi atendido com todas as mordomias? Ninguém é, num hospital público, ainda mais não havendo um médico para cada doente... Devia ter ido de urgência para Lisboa? Devia... mas não foi. E não por ele ser FORCADO.

 

Se quer mordomias vá para o PRIVADO. Os dinheiros públicos NÃO DEVIAM servir para TRATAR quem ESCOLHE ser tauricida. Optam por suicidar-se e ainda querem que o povo lhes pague os tratamentos!

 

Quanto ao “irmão”, na verdade fui informada de que era FAMILIAR, não irmão. Hoje sei, não por si, que o DENUNCIANTE foi o seu PAI. Mas para o caso o que interessa é o facto de SER FAMILIAR. Este é um pormenor importante.

 

Agora gostei desta: «O que esperava? Que fosse um completo desconhecido a fazer a denúncia?»

 

Claro que não! Um desconhecido? Qual quê!

 

Mas poderia ser. Se eu visse um médico a sorrir com o sofrimento de um doente e a desprezá-lo, ainda que não conhecesse o doente, não tenha dúvida que denunciaria o médico.

 

Agora, neste caso não. Como não houve “delito” teria de ser mesmo um FAMILIAR a fazer a denúncia. Não um desconhecido.

 

Foi mesmo a jeito. Tudo feito.

 

E a prótoiro, aproveitou-se, claro. Por causa do ex-forcado/cirurgião, que meteu o pé na argola.

 

Pois fizeram muito bem.

 

Foi tiros nos pés, que só ajudam a Causa Abolicionista.

 

 «Afinal de contas, foi uma vida HUMANA que esteve em risco

 

Sim foi uma vida humana. Uma VIDA TÃO VIDA quanto a dos TOUROS. Mas essa não conta. E eu é que sou a  ignorante, a mal informada, não tenho bom senso, porque ABOMINO TOURADAS!

 

Não digo: “venham mais destas”, porque não sou SÁDICA como vocês. Apesar de ABOMINAR o que FAZEM OS FORCADOS (não tenho nada contra as pessoas, mas contra o que elas FAZEM), humanamente não posso desejar que fiquem mancos ou paraplégicos ou que morram.

 

MAS ESTOU TOTALMENTE DO LADO DOS TOUROS.

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:57

link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos

O QUE OS AFICIONADOS, OS TAURICIDAS, OS TORCIONÁRIOS, OS FORCADOS, OS GANADEIROS NUNCA ENTENDERÃO, PORQUE NÃO TÊM CORAÇÃO...

 

 

POSSA LOGO CHEGAR O DIA...

 

UM INSPIRADO TEXTO ESCRITO POR NORAH ANDRÉ

 

ESSE DIA CHEGARÁ... E ESTÁ MAIS PRÓXIMO DO QUE NUNCA...

publicado por Isabel A. Ferreira às 09:53

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

PEÇO A TODOS OS ABOLICIONISTAS QUE DENUNCIEM ESTA “PETIÇÃO” QUE DESCREDIBILIZA AS “CAUSES” E NOS ENVERGONHA A TODOS

 

 

 AS CAUSAS, O FORCADO E O MÉDICO “ANORMAL”

 

 

 Por SARA MARTINHO

 

«As CAUSES no Facebook costumam merecer toda a minha atenção - ou quase. Algumas fazem mais sentido que outras, é certo, mas esta aplicação serve a função de alertar para uma série de realidades. O que nos é exigido é que assinemos, convidemos os nossos contactos e, em alguns casos, que doemos uma quantia. E, novamente, publicitemos esse facto. É quase uma pescadinha de rabo na boca. As CAUSES vieram também permitir que a mão direita saiba o que faz a esquerda e vice-versa. Avante.

 

Dentro dessa óptica, não estranhei o facto de ser convidada para subscrever mais uma petição. Infelizmente, sou das que gostam de ler o que subscrevem. Não é assim tão prático, acreditem. E tenho optado por assinar algumas petições e outras não. Repito, outras não.

 

A petição que me chegou às mãos esta manhã intitula-se "PSEUDO LICENCIADO EM MEDICINA DO HOSPITAL DE ÉVORA SEM VALOR MORAL, ÉTICO E PROFISSIONAL PARA EXERCER TÃO NOBRE PROFISSÃO!!!..." e o texto que a compõe, em maiúsculas, acusa a negligência de um médico que no exercício da sua função, no Hospital Espírito Santo, em Évora, não socorreu um forcado dilacerado por um ataque de um touro e que dera entrada nas urgências. O texto termina fazendo menção a um espírito de sacerdócio e sacrifício exigido à ala médica, atributos que jamais teria associado ao exercício dessa função, mas sempre tive a ignorância e a passividade de um touro.

 

"ACABAR DE VEZ COM A NEGLIGÊNCIA DO PSEUDO ORTOPEDISTA QUE SE NEGOU A TRATAR UM FORCADO DO GRUPO DE MONSARÁZ COM UMA FRACTURA EXPOSTA NA PERNA ESQUERDA!!!!...RESULTADO, POR MUITO POUCO, FICAVA SEM A PERNA. ESTEVE EM SÉRIOS RISCOS PARA QUE ESTA TIVESSE QUE SER AMPUTADA!!!....ESTE ANORMAL, SEM DEONTOLOGIA PROFISSIONAL E COMPLECTAMENTE DESTITUIDO DE QUALQUER VALOR MORAL E ÈTICO; NUNCA MAIS PODE EXERCER MEDICINA. ESTA PROFISSÃO REGE-SE ESSENCIALMENTE POR UM ESPIRITO DE SACERDÓCIO E SACRIFICIO!!!...."

 

http://www.causes.com/actions/1685159?recruiter_id=142802565&utm_campaign=invite&utm_medium=wall&utm_source=fb)

 

Acontece que ontem o JN publicou a notícia do sucedido e, de facto, fora apontada uma ligeira demora no atendimento do dito forcado. Saliente-se que fora apontada uma ligeira demora por aqueles que se faziam acompanhar pelo jovem dilacerado por um infortuito alheio à sua vontade. Na mesma notícia, a administração do hospital comenta que é "prática deste Hospital receber todos os doentes da mesma forma, com respeito e consideração, e garantir o tratamento adequado e em tempo útil".

 

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Saude/Interior.aspx?content_id=2778884&page=1

 

Não quero fazer obviamente considerações sobre o que não testemunhei. A ignorância e a tal passividade nunca me permitiram ir tão longe. Se fosse um forcado, talvez fosse mais longe, culparia quiçá o Miguel Macedo. Perdão, o Paulo Macedo, sem mais.

 

Resta dizer que a urgência de um hospital não é uma arena e uma equipa médica não tem o desempenho de um vitelo ou de um touro - e muito menos a sorte de uma vaca!

 

E, claro, não assinei a petição. Pelo contrário, denunciei-a à CAUSES com alguma ignorância e passividade natural.

 

Adenda: Para denunciar a petição, basta clicar no link da causa em questão e no fim da página, clicar novamente em "Help", depois é seleccionar o "Submit request", apresentar a denúncia e deixar o link da petição que se pretende denunciar ».

 

***

 

GOSTARIA DE CHAMAR A ATENÇÃO PARA O PORMENOR DO “BOM PORTUGUÊS” DA PETIÇÃO, E DO FACTO DO TAL FORCADO TER SIDO FERIDO NA PERNA DIREITA, E NÃO NA ESQUERDA COMO SE DIZ, O QUE PODEMOS VERIFICAR NA FOTOGRAFIA (PUBLICADA NESTE BLOG).

 

ISTO SÃO SÓ TIROS NOS PÉS.

 

POR FAVOR, DENUNCIEM.

 

ESTA PETIÇÃO ENVERGONHA PORTUGAL E OS PORTUGUESES. ALÉM DE CONTER UMA GRANDE MENTIRA.

 

 

TEXTO QUE SUGERIMOS: ...

 
Please take notice of an appalling petition you are promoting: http://www.causes.com/actions/1685159
 
This petition was started by bullfighters because of an accident which occurred during a bullfight. The "forcado" was taken to the hospital and had to wait for his turn to be assisted. They claim he ought to have had immediate assistance, no matter who was there first and in which condition. The hospital said there was no negligence but started an inquire anyway. These petitioners want to press the hospital to irradiate the orthopedist immediately. They have started a campaign advertising the name of the doctor and telling their own version of the problem. Your petition has turned into a vehicle for this defamatory campaign and call for hatred and violence. You have certain standards which are being jeopardized and therefore I urge you to remove your support from this outrageous petition.
 
Thank you

 

Para facilitar, utilizem estes links:

 

http://support.causes.com/home  (Carreguem no Submit a request)

 

http://support.causes.com/anonymous_requests/new (preencham o requerido)

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:43

link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos

Afinal o médico do hospital de Évora disse: «Era bom para outro colega que fosse aficionado», ou as coisas não correram céleres como deviam, porque o hospital só tinha um ortopedista de serviço?

 

 

Este é o forcado Armando Martins, que se ficar bom, recandidatar-se-á a voltar a esta cama de hospital, ou pior ainda, a uma cadeira de rodas, ou ainda pior, a uma cova... Mas não aprendem nada. Não desistem de TORTURAR TOUROS JÁ MORIBUNDOS... (Foto do Farpas Blog)

 

É que se for assim, a história tem outros contornos que não aqueles que a prótoiro quis fazer passar.

 

Estive a procurar o fundamento do disparate escrito pela prótoiro e até agora não encontrei nada que indicasse que o médico ortopedista de serviço no Hospital de Évora tivesse se recusado a tratar o Armando, apenas porque ele era um forcado.

 

Isto foi INVENÇÃO DA PRÓTOIRO, por retaliação ao que se passou com o ex-forcado António Peça, que meteu o pé na argola. Até agora, o que se passou, passa-se frequentemente, nos nossos hospitais (infelizmente) por falta de médicos, ou de meios, ou até de negligência, mas NUNCA por este ou aquele doente ser FORCADO, NEGRO, ou BRANCO, AMARELO OU VERDE, PSD ou  PCP. Seria uma ESTUPIDEZ que nenhum médico arriscaria.

 

O que se passou então?

 

Apresento aqui duas notícias:

 

Médico do Hospital de Évora acusado de negligência por família de forcado

 

«A família de um forcado do Grupo de Monsaraz (Reguengos de Monsaraz) acusa um ortopedista do Hospital de Évora de discriminação e negligência.

 

O forcado Armando Martins de 22 anos, foi colhido por um touro de José Luis Pereda de 670 quilos, fraturando a perna direita (tal como demonstra a foto ao lado).

 

A colhida resultou da última pega da tarde de sábado (15 setembro) na corrida que se realizou em Amieira (Portel).

 

O forcado foi transportado de urgência para o hospital distrital, com fratura exposta no membro inferior direito.

 

A família e o Grupo de Forcados de Monsaraz estão a analisar a situação e ponderam apresentar queixa como nos conta o Cabo do Grupo David Rodrigues.

 

A Rádio Campanário contatou a unidade hospitalar que não quis prestar declarações, remetendo-nos em comunicado que perante esta situação “o Conselho de Administração do Hospital do Espírito Santo de Évora está a proceder à abertura de um processo de inquérito para cabal esclarecimento dos factos”.

 

No mesmo documento pode ler-se que “ é prática deste Hospital receber todos os doentes da mesma forma, com respeito e consideração, e garantir o tratamento adequado e em tempo útil”.»

 

Fonte:

http://www.radiocampanario.com/r/index.php/regional/748-medico-do-hospital-de-evora-acusado-de-negligencia-por-familia-de-forcado

 

Pois, onde se diz que o médico se recusou a tratar o doente só por ser forcado?

 

Outra notícia:

 

Hospital de Évora pondera abrir inquérito a médico que alegadamente recusou tratar um forcado

 

«O Hospital Espírito Santo de Évora, onde trabalha o médico acusado por um forcado de não o ter atendido atempadamente, pondera abrir um inquérito para averiguar a situação.

 

Armando Martins, elemento do Grupo de Forcados Amadores de Monsaraz, ficou ferido no sábado durante uma corrida de touros na Praça de Touros da Amieira, em Portel. O forcado,foi transportado pelos Bombeiros de Portel para o Hospital Espírito Santo de Évora (HESE).

 

Ao chegar ao hospital, o forcado já tinha à sua espera a namorada e o pai desta, que denunciou nas redes sociais a alegada falta de um pronto atendimento por parte de um ortopedista de serviço.

 

Esta quarta- feira, o conselho de administração do HESE anunciou, em comunicado, que «está a ponderar a abertura de um processo de inquérito para cabal esclarecimento dos factos».

 

A instituição garante que a prática do hospital é receber todos os doentes de igual forma e garantir o tratamento adequado e em tempo útil.

 

O Grupo de Forcados de Monsaraz está também a analisar a situação e pondera apresentar queixa como contou o Cabo do Grupo David Rodrigues, à Rádio Campanário numa entrevista que pode ouvir aqui.»

 

Fonte:

http://www.toureio.com/t/t/index.php/informacao/noticias/5559-hospital-de-evora-pondera-abrir-inquerito-a-medico-que-alegadamente-recusou-tratar-um-forcado

 

Também nesta notícia, não se diz que o médico se recusou a tratar o doente por ser um FORCADO.

 

O que não se diz nas notícias é que o ENFERMEIRO que denunciou este caso é IRMÃO DA NAMORADA do FORCADO.

 

Agora juntemos esta circunstância ao facto de a prótoiro querer virar o “bico ao prego” devido ao ex-forcado/cirurgião António Peça ter incitado à violência contra os anti-touradas e temos uma história do arco-da-velha, que não convence ninguém.

 

Os forcados acham que por serem TORTURADORES de Touros têm de ter um tratamento MELHOR E MAIS RÁPIDO do que as PESSOAS NORMAIS?

 

O que aconteceu a este, acontece todos os dias a centenas de pessoas, com a excepção de que este ESCOLHEU A SUA MÁ SORTE. Os outros não. E os contribuintes não têm de lhe pagar os tratamentos. Que fosse para uma CLÍNICA PRIVADA.

 

E depois vêm a público ACUSAR O MÉDICO DE NÃO QUERER TRATAR UM FORCADO. QUANTA INFÂMIA! É preciso ter muito DESCARAMENTO e ser MUITO VINGATIVO (aliás como é do carácter dos torturadores, pois descarregam as frustrações deles sobre os pobres Touros), para vir contar estas patranheiras.

 

O que vale a prótoiro está tão malvista, por este país fora, que já ninguém acredita numa palavra sequer do que ela diz.

 

E com isto saiu-lhe o tiro pela culatra.

 

Isabel A. Ferreira

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:31

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2012

EM PORTUGAL É ASSIM: MATAM-SE TOUROS, PORQUE É MAIS FÁCIL DO QUE ARRANJAR SOLUÇÕES INTELIGENTES

 

Centenas de touros vão ser abatidos

em Idanha-a-Nova

 

 

Acabei de ler e não acreditei.

 

«A Direção Geral de Alimentação e Veterinária está a preparar uma ação de caça para abater centenas de touros que ameaçam propriedades e população no concelho de Idanha-a-Nova, anunciou o organismo.

 

Em resposta escrita a questões colocadas pela Lusa, a DGAV indica que "está programada uma nova ação que prevê o abate de animais através de batida", método em que um homens e cães afugentam os animais para uma zona de atiradores.

Na última semana, um pastor foi encontrado morto nas imediações da aldeia de Segura, Idanha-a-Nova, com sinais de ter sido atacado por gado bravo.

 

O caso registado pela GNR está a ser analisado pelo Ministério Público de Idanha-a-Nova, ao qual cabe a decisão de abertura de inquérito e que aguarda pelo relatório da autópsia realizada no Hospital de Castelo Branco, adiantou fonte judicial à Lusa.

 

A situação surge após vários anos de queixas da população e de autoridades acerca de danos e sustos provocados por touros abandonados numa propriedade, sem vedações, nem vigilantes.

 

Segundo a DGAV, "não é possível indicar o número exato de animais" em causa, "devido ao incumprimento das obrigações legais de identificação e registo por parte do detentor". »

 

***

 

LAMENTAVELMENTE, NÃO VIVO NUM PAÍS CIVILIZADO.

 

VIVO NUM PAÍS CHEIO DE GENTE INSÓLITA E ABERRANTE.

 

 Fonte:

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Castelo+Branco&Concelho=Idanha-a-Nova&Option=Interior&content_id=2779431&utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:46

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

A MELHOR DEFINIÇÃO DE “AFICIONADO” DADA POR UM DITO CUJO

 

 

 

Aficionadas Vips, na Tourada TVi (9/Julho/2010)

 

 

 

Lemos numa página do Facebook, denominada «Frente de Acção Pró Taurina», o comentário de um aficionado ao quadrado, isto é, um aficionado de tourada e de caça desportiva.

 

O aficionado tem um nome esquisito: chama-se RF Fran, que definiu maravilhosamente, com todos os pontos nos iis, o que é “ser aficionado”, demonstrando a mentalidade brejeira dos que se divertem com a tortura de seres vivos.

 

Disse o RF Fran (o texto está transcrito tal qual foi escrito, porque a parte do maltrato da Língua Portuguesa, também faz parte da definição):

 

«Defendamos a Festa Brava a Caça, as nossas tradições e a nossa Cultura.

 

Exactamente por onde tenho passado e estado, Portugal e Espanha, as praças de toiros têm estado sempre cheias ou bem preenchidas! As gentes que amam a sua terra, o campo, a ruralidade e as suas tradições não abdicam, nem devem abdicar, da sua herança cultural.

 

É isso que define e dá carácter a um povo e o distingue dos demais. Não adianta ser igual a todos os outros, isso despersonifíca-nos, e eleva-nos a simples robots humanos.

 

Se uma sociedade melhor implica dormir com cães na cama, comer fast-food porque é 'bom' e barato, ter um amigo paneleiro, porque é chique, levar no 'pacote' porque é moderno e “fashion”, ou ser de Esquerda para a andar a 'mamar' do trabalho dos outros, então eu prefiro ser chamado de tradicional, antiquado e retrogrado um milhão de vezes ao quadrado.

 

Barcelona, por exemplo, abdicou a favor dos bloquistas e da paneleiragem e dos alf's, e está cada vez mais a ficar uma cidade sem identidade, que sobrevive culturalmente apenas do Gaudi, que aliás era aficcionado e admirador dos toiros e das corridas de toiros".

 

***

 

Isto não merece comentários.

 

É tão caricato, mas tão caricato, que diz tudo sobre os aficionados.

 

Eles são assim mesmo. Anedóticos.

 

Tal e qual.

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:09

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Campanha difamatória encetada pela "prótoiro" em represália ao que se disse sobre o ex-forcado/cirurgião, António Peça, que anda na boca do mundo por ter incitado à violência contra anti-touradas

 

 

 

A prótoiro continua a dar tiros nos pés.

 

Agora veio cá para fora com este texto difamatório e vingativo, numa tentativa de livrar a “cara”, do ex-forcado António Peça, que chegou a cirurgião, e INCITOU À VIOLÊNCIA CONTRA ANTI-TOURADAS, e agora anda na boca do mundo, como podemos ler no artigo inserido neste link:

http://www.stopfunkilling.org/LETTERS-BY-STOP-FUN-KILLING.html

 

Inclusive foram buscar citações nossas para incluírem neste texto infame, que só  AJUDA A CAUSA ANTI-TOURADA, pois demonstra a baixeza de carácter destes aficionados.

 

Além disso, este texto serve também para DEMONSTRAR, o quão ESTÚPIDA é a “profissão” dos FORCADOS. Há pouco tempo um ficou paraplégico. Agora este poderia ficar manco, mas CONTINUAM A MASSACRAR TOUROS MORIBUNDOS, como se isso fosse uma grande HEROICIDADE.

 

O texto da prótoiro é uma infâmia. Não passa de uma calúnia.

 

Estamos atentos a este caso.

 

Mais um para o ROL DAS MENTIRAS desta federação de tauricidas que QUER, PORQUE QUER, fazer desta actividade sanguinária uma BANDEIRA PORTUGUESA.

 

Pois vão dar-se MUITO MAL.

 

HOSPITAL DO ESPÍRITO SANTO DE ÉVORA, apelamos ao vosso profissionalismo, APURE-SE A VERDADE e DENUNCIEM esta MENTIRA.

 

Na notícia que apresentamos a seguir, nada se fala na alegada negação do médico em tratar do doente. O que e,m nada combina com o texto apresentado pela prótoiro.

 

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/forcados-ponderam-apresentacao-de-queixa-contra-hospital-de-evora

 

***

 

O texto que a prótoiro divulgou é o seguinte:

 

MÉDICO ANTI-TAURINO DISCRIMINA E RECUSA ASSISTÊNCIA MÉDICA A FORCADO NA URGÊNCIA HOSPITALAR DE ÉVORA!

 

No passado dia 15 de Setembro de 2012, o forcado Armando Martins de 22 anos, e pertencente ao Grupo de Monsaraz, foi colhido com gravidade na Amieira em Portel. Dessa colhida resultou uma fractura exposta do terço inferior da perna direita. Ao dar entrada no Hospital do Espirito Santo em Évora – HESE - o ortopedista de serviço, Dr. Francisco André, médico residente do Hospital do Otão, constatando que se tratava de um forcado, com base num preconceito animalista e anti taurino, recusou assistência médica apropriada ao paciente, esquecendo os seus deveres deontológicos e o Juramento (de Hipócrates) que fez – “Não permitirei que concepções religiosas, nacionais, raciais, partidárias ou sociais intervenham entre meu dever e os meus pacientes.” (CITAÇÃO NOSSA).

 

Segundo o testemunho do Senhor Antero Campeão, Enfermeiro – responsável de Enf. numa unidade de saúde, que teve a coragem e rectidão de denunciar este caso gravíssimo, a resposta do médico não podia ser mais clara: “Chamem o Dr. X, que esse é aficionado!". Na sequência, terá ainda decidido, apesar a gravidade da lesão, que o forcado apenas seria operado na quarta-feira seguinte, ou seja, quatro dias após o acidente. Na segunda-feira de manhã sem o forcado ter sinal de qualquer médico, e perante a impossibilidade de suportar as dores, foi chamado de urgência um ortopedista.

 

Ao pôr a descoberto a perna do forcado deparou-se com enormes “flictenas, descoloração, falta de sensibilidade e circulação praticamente inexistente no pé direito”. Solicitou esse ortopedista imediatamente a presença de um cirurgião e, de urgência, resolveram intervencionar o doente. Enquanto verificavam a situação foi referido ao próprio forcado que iriam operá-lo de imediato para tentarem evitar a amputação da perna. Para já a situação clinica do forcado está estabilizada e a perna deverá ser salva. Pelo que pudemos apurar esta não é a primeira vez que este médico assume estas atitudes contra forcados feridos.

 

Lamentavelmente este caso apenas vem dar razão à PRÓTOIRO pois, esta “gente”, à força de querer tratar os animais como pessoas, acaba por tratar as pessoas como animais! Quando utilizamos termos como «terrorismo e fundamentalismo», para caracterizar as crenças que fundamentam a visão animalista e anti-taurina, sabemos bem do que falamos. Infelizmente, mais uma vez, fica inequivocamente expresso que aqueles que reclamam superioridade ética e moral sobre os aficionados, defendem ideias perigosas para a nossa sociedade, como mais este exemplo ilustra.

 

Acham demais? Como caracterizariam um “médico”, que com base no preconceito animalista, desvaloriza e despreza, efectivamente, a vida humana, e se comporta de modo negligente, contra o seu código deontológico e coloca a vida de um paciente em jogo? A PRÓTOIRO está, juntamente com a ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE GRUPOS DE FORCADOS, a acompanhar este caso, e já deu início ao trâmites formais para que o médico em questão seja devidamente punido e as responsabilidades hospitalares sejam totalmente apuradas.

 

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=588173&tm=8&layout=122&visual=61

 

(SÓ A RTP PODERIA ENTRAR NUM JOGO DESTES)

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=468628939838164&set=a.152331808134547.29215.118555858178809&type=1

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:04

link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 18 de Setembro de 2012

«ESTA NOITE CERRARÁ OS OLHOS, ORGULHOSO, RECORDANDO COMO, À TARDE, TORTUROU, MUTILOU E ASSASSINOU SEIS TOUROS»...

 

 

 

UM TEXTO DE PEPE CASALES PARA REFLECTIREM...

 

 

1- Dormirá, extenuado, sabendo que hoje, na mesa de operações, salvou a vida a um ancião e a um bebé.

 

2- Irá para a cama, esgotada, depois de transmitir os seus conhecimentos a vinte alunos.

 

3- Deitar-se-á, exausto, depois de ter salvo da morte dois adultos, duas crianças e um cão.

 

4- Esta noite, cerrará os olhos, orgulhoso, recordando como, à tarde, torturou, mutilou e assassinou seis Touros.

 

A três deles, em Espanha (e em Portugal também) corta-se-lhes o salário.

 

O outro leva trinta milhões de Euros por uma jornada de “trabalho” e é considerado um herói.

 

A três deles, o Rei Juan Carlos (e em Portugal, Passos Coelho) pede-lhes que façam sacrifícios.

 

Ao quarto, colocam-lhe ao peito a Medalha de Ouro das Belas Artes.

 

Pepe Cascales

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:19

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2012

Manifesto de cientistas confirma que animais são seres conscientes… Ai são? Não sabiam?... Só agora é que “descobriram”?

 

 

 

Não entendo.

 

Existem animais há tantos milhares de anos...

 

Existe Ciência há tantos séculos...

 

E só agora “descobriram” uma verdade que foi sempre ÓBVIA desde que se começou a conviver com animais?

 

Se os cientistas fossem mais humanos e menos “máquinas”... teriam feito estas descobertas há muitos, muitos séculos atrás...

 

É bem verdade que sempre houve sábios entre escritores, cientistas, músicos, poetas, que sempre souberam que os animais eram conscientes, e deixaram as suas ideias escritas, como Leonardo da Vinci, por exemplo.

 

Mas os “empiristas” como as religiões, nomeadamente a Católica, sempre se opuseram ao saber intuitivo, o que mais leva à verdade.

 

Se as pessoas que convivem com animais estivessem mais atentas a todos os sinais que eles nos dão, saberiam tudo sobre eles.

 

Eu sei o que é um animal, desde criança. Desde criança que sei que eles são conscientes, sentem dor, são felizes ou infelizes, sofrem, ficam alegres, brincam, sentem medo, precisam de ar, de comer, de beber, têm as mesmas doenças que nós, sofrem do fígado, apanham gripe, enfim... SÓ NÃO FALAM, mas expressam-se de vários modos. É só estarmso atentos.

 

Sempre soube disto. E não sou cientista, nem sequer precisei de o ser. 

Não são necessários grandes “estudos” para SABER O ÓBVIO.

 

Basta observar. Basta lidar com eles. Mas os homens precisam de PROVAS para tudo.

 

Sacrificam animais em nome da “ciência” para depois virem fazer manifestos de conclusões absolutamente evidentes, que muitos de nós já sabemos. Bastava reconhecerem-se como animais, para saberem que um animal não-humano só NÃO FALA a linguagem dos homens. De resto, eles são muito mais sensíveis, inteligentes, amorosos, racionais do que muitos que se dizem “humanos” e andam por aí, tais como andróides sonâmbulos. O que diz este manifesto, não me surpreende, pois nunca precisei da dita “ciência” para saber que os animais SOFREM e DIVERTEM-SE tal como eu; respiram o mesmo ar que eu; aquecem-se sob o Sol que me aquece a mim; são deslumbrados pela mesma Lua que me deslumbra a mim.

 

É preciso que o dito “homem” desça do pedestal em que se colocou, como criatura SUPERIOR e se coloque ao nível da mais ínfima partícula do Universo, porque é isso que ele é. Nem mais, nem menos. E é preciso também que deixe de explorar e escravizar os infelizes animais não-humanos, como deixaram de explorar (se bem que não totalmente, infelizmente) os animais humanos de outros tempos: escravos, mulheres e crianças.

 

Vamos a caminho de 2013... o ano em que as bestas humanas terão de deixar de ser bestas, se quiserem viver no mundo dos Homens...

 

Fontes:

http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI317146-17770,00-MANIFESTO+DE+CIENTISTAS+CONFIRMA+QUE+ANIMAIS+SAO+SERES+CONSCIENTES.html

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/08/120821_girafa_luto_ac.shtml

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:31

link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos

A IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA É TÃO DIABÓLICA QUANTO A “GESTOIRO”: AMBAS SÃO DEFENSORAS DA TORTURA DE SERES VIVOS EM HONRA DE SANTOS

 

 

UMA PROCISSÃO REALIZADA DENTRO DE UMA ARENA, MEIO VAZIA (DO MAL O MENOS), ONDE A SEGUIR SE TORTUROU SERES VIVOS...

 

ISTO É INCONCEBÍVEL!

 

ESTE PADRE NÃO PODE SER UM REPRESENTANTE DE DEUS NA TERRA.

 

ISTO ULTRAPASSA TODOS OS LIMITES DO RAZOÁVEL. A IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA ESTÁ COMPLETAMENTE DESFASADA DOS PRINCÍPIOS CRISTÃOS.

 

ESTÁ AO SERVIÇO DE SATANÁS, E DIZ-SE AO SERVIÇO DE DEUS.

 

 

PROCISSÃO ANTECEDEU CORRIDA DE TOUROS

 

 

Se não visse as imagens, não acreditaria.

 

Aconteceu em Moura. Em “HONRA” de Nossa Senhora do Carmo, que deve estar em prantos, com tanta FALTA DE RESPEITO...

 

«Uma procissão à luz de velas, participada por todos os artistas, cavaleiros, bandarilheiros e forcados (que transportaram o andor com a imagem da Virgem) antecedeu a emotiva corrida que ontem se realizou na praça de toiros de Moura com mais de metade das bancadas preenchidas. Um êxito promovido pela empresa "Gestoiro", a pedir repetição no próximo ano».

 

 

 

Sem comentários...

 

 

O QUE TERÁ A DIZER O PAPA BENTO XVI?

 

O QUE TERÁ A DIZER D. JANUÁRIO TORGAL FERREIRA?

 

O QUE TERÁ A DIZER O EX-BISPO DE SETÚBAL, D. MANUEL MARTINS?

 

O QUE TERÁ A DIZER O PADRE MÁRIO DA LIXA?

 

Vou perguntar-lhes.

 

Isto é absolutamente PERNICIOSO.

 

Um exemplo DIABÓLICO que a Igreja Católica dá aos já tão IGNORANTES aficionados.

 

Que papel é o da IGREJA CATÓLICA na SOCIEDADE PORTUGUESA?

 

Não se admirem, pois ,que cada vez mais haja menos católicos, e cada vez mais haja menos padres.

 

Para quê?

 

Para serem CÚMPLICES DA VIOLÊNCIA, DA TORTURA, DA CRUELDADE, de tudo o que É CONTRA OS ENSINAMENTOS DE JESUS CRISTO?

 

ISTO É SIMPLESMENTE REVOLTANTE!

 

Fonte: http://farpasblogue.blogspot.pt/2012/09/ontem-em-moura-procissao-antecedeu.html

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:01

link do post | Comentar | Ver comentários (28) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Fevereiro 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
21
22
23
25
26
27
28
29

Posts recentes

Dois anos de guerra na Uc...

«Bicadas do Meu Aparo: “P...

Na passagem do 97º aniver...

Aleixei Navalny, um símb...

Os Defensores dos Direito...

Legislativas 2024 - Movim...

Os Polícias são traidores...

João Moura condenado: jus...

24 de Janeiro de 1944: ao...

«Bicadas do meu aparo: “S...

Arquivos

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

AO90

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, nem publica textos acordizados, devido a este ser ilegal e inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais. Caso os textos a publicar estejam escritos em Português híbrido, «O Lugar da Língua Portuguesa» acciona a correcção automática.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. 1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt