Comentários:
De Susana Paço a 3 de Setembro de 2012 às 16:27
Nunca um herói mas um infeliz coitado pobre de espirito. Que tenha um recuperação calma que lhe dê tempo para pensar nas parvoeiras que fez.
De Isabel A. Ferreira a 3 de Setembro de 2012 às 16:51
Tem razão Susana.

Gostaria muito de poder vê-lo, e perguntar-lhe se acha que valeu a pena dedicar-se a massacrar touros moribundos...

É terrrível!
O pior é que a LEI portuguesa PERMITIU-LHE ficar paraplégico.

Será que ninguém no GOVERNO terá a lucidez de tirar daqui uma lição?

Ou ele próprio, lutar, daqui em diante, para que outros jovens não fiquem paraplégicos?

Comentar post