Quarta-feira, 25 de Julho de 2012

A «FESTA BRAVA» ESTÁ CADA VEZ MAIS A CAMINHO DO FIM...


 

 

Reparem no corpo do animal, marcado a ferro e fogo, a sangrar, e principalmente vejam a patinha dianteira. É isto que os legisladores portugueses estão a APOIAR?

 

 

Li o texto que se segue, algures, publicado pela ASSOCIAÇÃO PRÓ TOIROS NA LINHA (que não pode ser registada com este nome, até já me ri!), e fiquei a reflectir.
 
As coisas estão a correr bem.

Cada vez menos gente está interessada na TORTURA de TOUROS E CAVALOS.

É que isto não combina nada com EVOLUÇÃO e com CULTURA.

E quem é que gosta de ser chamado de atrasado ou de inculto? 
 
E quem, neste momento, depois de toda a REVOLUÇÃO que vai por este mundo fora, no sentido da ABOLIÇÃO das Touradas e da LIBERTAÇÃO ANIMAL, quererá correr o risco de ser qualificado de ignorante?

 

Sim, porque IGNORANTE, de uma maneira ou outra, somos todos nós.

 

Eu, por exemplo, sou ignorantíssima em Física Nuclear. Não sei nada sobre Física Nuclear. Logo, sou ignorante nesta matéria.

 

Ora, quem não percebe nada de BIOLOGIA, não sabe o que é um animal, nem do que um animal é feito. Pensam que é de pau, e o que vêem sair do corpo dele, quando lhe espetam bandarilhas, é sumo de tomate, que está dentro de sacos de plástico.

 

Assim sendo, uma pessoa que não sabe BIOLOGIA é IGNORANTE nesta matéria.

 

Posto isto, vamos saber dos AZARES DOS AFICIONADOS (os sublinhados são meus):

 

 ***

 

«A União é Suposta Fazer a Força... E a “Festa” mais que nunca está a precisar!

 

Por Associação Pró Toiros na Linha

Quinta-feira, 14 de Junho de 2012 às 18:47

 

Vivemos um momento de grande tensão no meio taurino!

E vivemos este momento por diversos motivos, externos, mas também alguns internos...

Na verdade vivemos esta crise que assola a economia do nosso país e as finanças do seu Povo (isto não é verdade, a verdade é que as pessoas estão a deixar de ser ignorantes, por isso não vão às touradas. Os campos de futebol não têm esse problema.)

 

Em consequência, menores são as possibilidades de cada um de nós assistir a todas as Corridas de Toiros que gostaríamos!

Mas isto acontece na tauromaquia, como acontece no cinema, teatro, nos restaurantes, nas casas nocturnas e em todas aquelas coisas que por não serem de importância máxima para a sobrevivência de cada um, são postas à margem num momento em que os remédios, a alimentação própria e da família ou a casa já começam a ser fardos difíceis de suportar! (até porque muitas dessas “coisas” deixam de ter ajuda, para que haja apoios para as touradas, mas não chega, pois não?)

 

Nesse sentido há que repensar, sem qualquer sombra de dúvida, como fazer para levar a tauromaquia de uma ponta à outra da crise, sã e salva e nas melhores condições possíveis.

 

Passará certamente por uma solução conjunta de Ganadeiros, Empresários, Criadores de Cavalos, Toureiros e todos os restantes intervenientes directos e indirectos da Festa. (Têm todos de mudar para uma profissão menos sanguinária, é a única saída.)

 

Passará certamente por criar regras de sobrevivência para este espectáculo, esta arte que todos tanto gostamos e pela qual alguns arriscam tanto das suas vidas e até das vidas dos seus familiares directos, uma vez que disso depende a sua subsistência e das suas famílias. (Coitadinhos, vivem tão mal, à custa da violência! A violência acaba sempre por se espatifar na berma de uma estrada poeirenta, não se esqueçam disso. É melhor saírem dela, enquanto vão a tempo.).

 

Mas passará certamente pela união de todos sem excepção, intervenientes e aficionados! Porque há sem dúvida muitos aficionados que são os primeiros a prestar serviço à causa dos anti-taurinos... (Ora se prestam! Não dizem uma de jeito. Não têm sequer um argumento para justificar a TORTURA, ou seja, o que não pode ser justificado, logo quantas mais dessas vierem, mais ajudam a causa anti-tourada. A ignorância é a mãe da crueldade... Não se esqueçam desta também...)

 

Dizia eu no princípio deste modesto desabafo que a Festa vive um momento de grande tensão interna e externa. (Tensão, não, extrema-unção... está no fim...podem crer!)

 

Na verdade, os anti-taurinos encontraram em alguns políticos, essencialmente no Bloco de Esquerda, mas também em alguns outros partidos políticos, aliados para fazer crescer a sua luta. (E ela está VIVA, cada vez mais VIVA, em todo o mundo).

 

E assim se têm organizado – aliás muito bem – cavando trincheiras bem no meio das nossas casas sem que nós demos por isso ou no mínimo, sem que façamos alguma coisa contra isso! (O que demonstram que estão a ser espertos. Não vale a pena imitar o Dom Quixote.)

 

Até porque, já se sabe, quem está instalado pouco se mexe em sua própria defesa até ao dia em que lhe entram pela casa dentro...

 

O BE, encontrou nesta batalha, bem como na do aborto entre outras, a capacidade de mobilizar alguns fanáticos e assim gerar alguns – poucos - votos. E nesta fase em que tão por baixo estão, cada vez mais precisam de causas fanáticas a que se agarrar! (Causas fanáticas, alto lá! A vossa causa é que é fanática, porque implica VIOLÊNCIA CONTRA UM SER VIVO PARA VOS DIVERTIR, e não vêem um palmo adiante do nariz, só o sangue dos pobres animais vos dá gozo).

 

Assim, depois de em 19 de Janeiro ter percebido não haver condições para apresentar os Projectos-Lei a votação, a quando do debate em que a tauromaquia saiu vitoriosa do Parlamento, viu na recepção feita pelo Sr. Primeiro-ministro a um movimento anti-taurino e na recepção do Secretário do Estado da Cultura a associações anti-taurinas para estas opinarem sobre o documento que virá depois de aprovado a regular a Tauromaquia, o clima mais favorável ao contra-ataque! (Alto lá! Quem tem saído vitoriosa no Parlamento é a CAUSA DA ABOLIÇÃO DA TOURADA. Nunca como agora se tem falado tanto no assunto. E isso já é uma grande VITÓRIA, e podem crer: os partidos que estão a favor da tauromaquia vão ser PENALIZADOS, e MUITO, nas próximas eleições, porque nós SOMOS MUITO MAIS).

 

Em resultado disso, no próximo dia 22 de Junho, pelas 17 horas, e segundo nos diz a Prótoiro – passo a citar - “o Bloco desafia agora todos os interessados em participarem num debate público sobre esses mesmos projectos que, mesmo sabendo-se que não ameaçam a continuidade da Tauromaquia, constituem um ataque inadmissível e intolerável à Cultura, à Identidade e à Liberdade dos Portugueses”.

 

Face a este apelo da Prótoiro, é sem dúvida chegada a hora de toda a afición se mobilizar para defender os seus princípios.

Peço assim com a maior humildade a todos que deixem as “fracturas” e ideias próprias de lado e apoiem a Prótoiro incondicionalmente nesta acção, apoiando assim a própria Festa Brava e a verdadeira Cultura Portuguesa! (Viu-se a postura da prótoiro: só insultos. E nós tivemos mais uma GRANDE VITÓRIA. Além disso limpem a boca quando falarem em CULTURA PORTUGUESA. A tauromaquia não consta em nenhum livro de CULTURA PORTUGUESA. Eu sei do que estou a falar, porque estudei essa matéria na Faculdade, e nunca ouvi falar que a tauromaquia fosse “cultura”. Será COLTURA? Mas essa não vem nos livros.)

 

Podem estar certos de que os políticos, os partidos e os governantes portugueses estão atentos à nossa capacidade de mobilização nesse dia, podendo esta ser determinante na forma como a Tauromaquia será tratada por estes no futuro! (Os políticos não estão atentos à vossa “capacidade de mobilização”, porque ela não existe. Estão, sim, atentos é aos votos que VÃO PERDER se continuarem a apoiar a TORTURA).

 

Se no Europeu de Futebol se diz agora: - Onze por Todos e Todos por Onze, é momento de na Tauromaquia se dizer:

 

- Todos com Todos pela Tauromaquia!!!

 

Ricardo Dias Pinto»

 

***

 

Pois Ricardo Dias Pinto, a esmagadora maioria dos Portugueses está a dizer: MORRA A TAUROMAQUIA.

 

E ela está moribunda... Está com os pés na cova. Agora é só mais um empurrãozinho e ela ficará enterrada por inteiro, como ficaram todas as outras “tradições primitivas e sangrentas” que já nenhum povo civilizado pratica.

 

Podem ir pensando em hortinhas e pomares. Esqueçam as arenas da tortura.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:09

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Maria João Brito de Sousa a 25 de Julho de 2012 às 16:30
Acredito que cada vez mais as pessoas começam a tomar consciência do que é um organismo vivo, um toiro, neste caso, e, tomada essa consciência, não mais haverá desculpa para a atrocidade que uma tourada é!
De Isabel A. Ferreira a 25 de Julho de 2012 às 17:19
Penso que estamos no bom caminho, poeta.

Os portugueses estão a acordar para a realidade.
A ignorância ainda é muita, mas de grão a grão a galinha vai enchendo o papo.

E a tourada já está moribunda... Isso não há dúvida.

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

FAREI UMA PAUSA, E, ENQUA...

EM PORTUGAL: «AFINAL OS G...

AGORA QUALQUER IGNORANTE ...

«CHAMUSCA – MAIS DINHEIRO...

CORRIDAS DE GALGOS: CARTA...

PROJECTO PAN – PELO FIM D...

ATÉ SEMPRE GILLERMO MOR...

CAÇADORES FURTIVOS ESPANH...

PAN DENUNCIA AS FALSAS ES...

PAN: ÁRVORES SÃO A “ARMA”...

Arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

DIREITOS

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

COMENTÁRIOS

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt