Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

PUNIÇÃO PARA OS RESPONSÁVEIS PELOS EVENTOS ILEGAIS NAS FESTAS DE BENAVENTE

 

Assinem aqui a petição, por favor. O texto abaixo diz tudo o que há a dizer.

 

Em ano de eleições, os políticos são capazes de fazer ou deixar fazer tudo e mais alguma coisa, para captarem a simpatia do povo INCULTO.

 

Não podemos deixar que a IMPUNIDADE se instale em Portugal…

PETIÇÃO:

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT86130&fb_action_ids=1687102677970484&fb_action_types=og.comments

 

image.jpg

 

«Para: Presidente da AR e Deputados

 

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia da República

Exmos. Srs. Deputados/as

 

Excelências

 

Na madrugada do dia 23 de Junho de 2017, realizaram-se as Festas da Amizade em Benavente, com o anúncio nas páginas oficiais da Câmara Municipal do respectivo programa onde eram anunciados "Touros de Fogo" e "Picarias".

 

Dado que nem o evento de "Touros de Fogo", nem as "Picarias" fazem parte da tradição tauromáquica portuguesa, mas sim uma imitação espanhola, mais precisamente da zona de Valência (no caso do 1º) e aí mesmo já sobejamente contestada pela barbaridade e violência que encerram, juntando-se o facto de não ter havido um parecer favorável da DGAV, nem o IGAC ter sido consultado para tal fim, estes dois eventos são, como é óbvio, ilegais e nunca poderiam ter acontecido.

 

Atear fogo às hastes de um bovino é uma prática dolorosa de extremo maltrato que jamais será tolerada pela maior parte da nossa sociedade mais consciente e compassiva.

 

Quanto às "Picarias", integradas na "Sortes de Varas", proibida pelo artigo 3º, 3 da Lei nº 92/95 de 12 de Setembro, com redacção actualizada pela Lei nº 19/2002 de 31 de Julho, só poderiam ter acontecido, caso tivessem sido consideradas excepções, segundo o disposto no artigo 3º, 4 e se estas práticas se tivessem mantido ininterruptamente durante os 50 anos anteriores à entrada em vigor do referido diploma, segundo o qual ainda teria que ser a Inspecção Geral das Actividades Culturais (IGAC) a verificar os requisitos legais para a devida autorização.

 

Perante o exposto, verificaram-se não só no caso do "Touro de Fogo" como também das "Picarias", duas grave ilegalidades que devem ser analisadas em conformidade.

 

Dado que a Câmara Municipal de Benavente anunciou horas antes do "Touro de Fogo" que este tinha sido cancelado e o comando da GNR assegurou o mesmo, consideramos que tanto uma como outra, teriam obrigação de ter impedido que a comissão de festas tivesse levado a cabo tal evento, mas não o fizeram e após a contestação pública, ainda permitiram que se realizassem as "Picarias", demonstrando assim um lapso grave de autoridade, incumprimento da legislação em vigor, bem como o desrespeito pelos cargos que ocupam e que devem ser regidos de forma honesta para com os cidadãos deste país.

 

Vêm portanto os abaixo assinados, exigir a Vossas Exas punições exemplares para a Câmara Municipal e GNR e o sério compromisso de que jamais estes eventos se realizarão no Concelho que superintendem.

Solicitamos também que seja uma força policial isenta e estranha à região a identificar os componentes da comissão de festas e os intervenientes dos dois eventos "Touro de Fogo" e "Picarias" que figuram nos vídeos e fotos que circulam na Internet e que tanto a Associação Animal, como o PAN, alguns cidadãos e até a SIC dispõem.

 

Solicitamos ainda a Vossas Exas que jamais em terras portuguesas estes eventos bárbaros aconteçam, como se têm verificado em alguns lugares, com a complacência das autoridades locais.

 

Gratos pela vossa atenção e aguardando uma clara definição sobre este caso que tanto nos indigna.

 

Grupo Anti Tourada de Viana do Castelo,

Grupo de cidadãos»

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:40

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016

AS PERGUNTINHAS DO TOINO (***)

 

Ao procurar um texto na Internet, encontrei esta perolazinha do Toino M., que não resisti a comentar no link, que deixo mais adiante para consulta.

 

O Toino queria saber a resposta a três perguntinhas.

E eu respondi.

 

TÓINO.jpg

 

Toino M.

Olá gostaria por favor de saber a resposta a 3 perguntinhas apenas:

#quantos toiros bravos existem em Portugal?

#os toiros bravos são comestíveis? a carne é "comercial"?

# se acabarem as toiradas quantos toiros bravos sobreviverão?

 

***

Perguntinhas como estas tiram-me do sério, mais do que as ordinarices que os tóinos me dirigem. Então respondi-lhe:

 

Toino M., eu respondo-lhe às suas três perguntinhas, tão singelinhas:

 

1 - Não existem touros bravos na Natureza. Na Natureza existem bovinos mansos, que carrascos mal-intencionados e sem carácter algum torturam desde que nascem, para os tornar "bravos", ou seja, DEFENSIVOS, para poderem defender-se dos seus carrascos.

 

2 - Touros bravos, como não existem, não podem ser comestíveis nem comerciáveis. Aliás a "carne" humana é mais comerciável. Se é que me entende...

 

 

3 - Se acabarem as touradas, os bovinos mansos (a que chamam indevidamente touros bravos) continuarão a existir pacificamente, alegremente, por toda a eternidade, livres dos tóinos. Quem não sobreviverá são os carrascos, que aliás já estão em vias de extinção.

 

A propósito, sabem o que é um “toino”?

 

De acordo com o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa é uma pessoa com falta de habilidade, sensatez ou desembaraço = IDIOTA, PALERMA, TOTÓ.

 

Fonte:

http://basta.pt/aplataforma/

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:22

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 19 de Abril de 2015

O QUE SOU

 

Desconheço a autoria deste texto, que diz tanto de mim, como da pessoa que o escreveu

Por isso, transcrevo estas palavras como se fossem minhas, esperando encontrar o (a) seu autor (a)

 

SOU1.jpg

 

Procurando esclarecer algumas dúvidas acerca do trabalho que desempenho nesta vasta rede da INTERNET (o Facebook) quero dizer-vos que, diante do grande número de pedidos de amizade, notificações e outras..., surge a necessidade de estabelecer algumas prioridades, de modo a não desperdiçar energias naquilo que nada adianta, para as utilizar apenas no que considero importante.

 

Assim, para aqueles que se limitam a clicar no "gosto", fica um certo desencanto... Para @s outr@s, felizmente a grande maioria, que interagem expressando as suas opiniões, bem-hajam!

 

A todos procuro dar resposta, no entanto, sabemos que isso é humanamente impossível, até por uma questão de tempo físico.

 

Deixo-vos aqui uma breve lista das causas em que acredito e pelas quais me desdobro, aonde qualquer pessoa é livre de participar:

 

- Os Direitos de todos os Animais, Humanos e não humanos;

 

- O Direito a viver todas as formas de sexualidade, excepto se entrarem em conflito com os direitos de terceiros;

 

- O Direito a utilizar a Língua Portuguesa de forma "ética", respeitando a Etimologia das Palavras, com rejeição imediata e definitiva do AO90, que consideramos um "aborto ortográfico", assinado pela gabriela (sa)canavilhas, quando esteve sentada na cadeira do poder.

 

Em resumo, a minha luta é pela igualdade na diferença, sem quaisquer condições a negociar, porque todos somos cidadãos do Mundo, seja aqui ou no Brasil, em Espanha, na China ou em qualquer outro lugar.

 

Queria, também, incentivar as pessoas a expressarem mais as suas opiniões, pois da discussão das ideias é que nasce a luz que aniquila a ignorância, a qual está na origem de todos os ódios e de toda a crueldade.

 

PARA TOD@S, DESEJO QUE SEJAM FELIZES, POIS SÓ GENTE FELIZ CONSEGUE ANDAR PARA A FRENTE, NA CONSTRUÇÃO DE UM NOVO MUNDO, ONDE TODOS POSSAMOS VIVER EM PAZ E HARMONIA.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:26

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 14 de Março de 2014

MALTRATO ANIMAL, EM ANGRA DO HEROÍSMO (AÇORES) SUJEITO A PUNIÇÃO, POR INFRINGIR DIVERSAS LEIS EM VIGOR

 

«… para vergonha da terra, dos seus habitantes e das autoridades públicas!»

 

 

«Foto tirada hoje, dia 14.03.2014, no Caminho de S. Carlos, cidade de Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. Para além daquilo que a imagem comprova de autêntica selvajaria e barbaridade no trato com o animal (que se encontra totalmente deitado, imobilizado e amarrado com cordas), todo este processo de transporte é ilegal e infringe diversas leis em vigor!

 

A degradante imagem, que começou já a circular na Internet, foi-nos enviada com a identificação da chapa de matrícula do veículo (elemento que omitimos aqui), devendo porém servir para alertar, prevenir e punir situações semelhantes, infelizmente usuais entre nós, para vergonha da terra, dos seus habitantes e das autoridades públicas!»

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3888366704160&set=a.1169879103669.20141.1728741748&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:48

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2013

DO PRIMITIVO PROGRESSO AO MODERNO RETROCESSO

 

Os primitivos usaram a inteligência; os modernos abusam do Poder

 

(Origem da foto) http://www.escolasapereira.com.br/v_pagina.php?a=tag428

 

Perguntas-me por que razão te dirijo todas estas palavras?

 

Por nada de especial.

 

Apenas pretendo evitar, se for esse o caso, que não comprometas o futuro, com os teus excessos, com os teus exageros, com a tua inabilidade, com a tua cegueira. É que gostaria de viver o que me resta da vida, sem ter de me preocupar contigo. Por isso, decidi expor-te o meu pensamento.

 

Quando criança, fui criança e costumava dizer: «Quando eu for grande quero ser...». Tanta coisa eu quis ser! Já passei pela juventude e fui apenas o que tive de ser. Nem criança, nem adulta. Apenas jovem. Hoje, estou a meio do meu percurso. Continuo a seguir em frente, claro! Vivo como posso e como sei. Não sou criança, também não sou jovem. Sou apenas o que sou. Como convém.

 

Quando ultrapassar o Cabo da Boa Esperança, navegarei em outras águas, talvez um pouco mais turvas, mas nem por isso deixarão de ser boas águas para navegar, e provavelmente continuarei a seguir o meu caminho, com a tranquilidade da primeira idade, pois viver cada época de cada vez é a evolução natural da vida. Pretender invertê-la não criará o caos?

 

Todas as vidas começam de um modo muito primitivo. Uma simples e frágil sementinha transforma-se num belo e frondoso embondeiro, se lhe derem condições. A isto chama-se progresso: movimento para a frente.

 

Diz-se que o homem também nasceu primitivo. Vivia em cavernas, andava nu e utilizava instrumentos muito rudimentares. No entanto, esse homem primitivo e inculto fez algo que o homem moderno, esparramando tanta sabedoria e tão alta tecnologia, não conseguiu fazer: progresso. Os antigos usaram a sua inteligência, e da pedra à madeira, da madeira à cerâmica, da cerâmica ao metal, tirando partido do fogo, dos ventos e das águas, inventaram quase tudo o que está na base das sociedades ditas modernas.

 

Todavia, o que o homem primitivo construiu apenas com a sua inteligência, habilidade, e muito engenho e arte, o homem moderno destrói com a sua alta tecnologia. Inabilmente. Desinteligentemente.

 

E o que faz o homem do nosso tempo com o espantoso progresso dos seus primitivos antepassados? Transforma-o num moderno retrocesso, e o pior é que se vangloria desse feito, assim como de outros feitos também.

 

Diz ufanado: «Navego na Internet». Isso é bom. É muito bom. Mas navega igualmente em outras águas, onde se vão extinguindo todas as espécies...

 

Saberás qual é a diferença entre o homem primitivo e o homem moderno?

 

O homem primitivo usou a inteligência em prol do progresso; o homem moderno abusa do progresso em prol do retrocesso.

 

E chama a isso PODER.

 

in «MANUAL DE CIVILIDADE» © Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:43

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2013

SENHORES GOVERNANTES, POR FAVOR, VALORIZEM O VOSSO PAÍS, EM VEZ DA VOSSA CARTEIRA!

(Recebido via e-mail)

 

ISTO É PORTUGAL

 

Portugal é um dos países mais ricos da União Europeia..., e não dos mais pobres!

 

Sabiam?

(Origem da foto: http://viajar-online.blogspot.pt/2012/11/o-que-descobrir-no-norte-de-portugal.html#.Uo98mpip2mw)

 

Portugal é um dos poucos países no mundo que pode fechar as suas fronteiras, pois a natureza dá-lhe uma grande riqueza que contém tudo o que é necessário para que a sua povoação possa viver feliz e em paz!...

 

A maior parte dos portugueses desconhece que o seu “pobre” país possui:

 

- A maior Zona Económica Exclusiva da UE, que é tão grande como todo o continente europeu.

 

- 80% de solo arável, mas está quase em completo abandono...

 

- Invejável rede hidrográfica a nível mundial.

 

- Grandes reservas de água doce, em aquíferos subterrâneos, quase inesgotáveis.

 

- As maiores reservas de ferro da UE, de excelente qualidade.

 

- As maiores reservas de cobre da Europa (segundas do mundo).

 

- As maiores reservas de tungsténio (volfrâmio) da Europa.

 

- As maiores reservas de lítio da Europa.

 

- As maiores reservas de terras raras.

 

- As segundas maiores reservas de urânio da Europa.

 

- Grandes reservas mineiras de ouro, prata e platina.

 

- Grandes reservas de carvão mineral de excelente qualidade.

 

- E as incomensuráveis riquezas que as águas do Atlântico escondem.

 

- Uma das maiores reservas de petróleo da Europa, que já vão ser exploradas na costa do Algarve, por companhias alemães e espanhola. Vão pagar a Portugal apenas 20 cêntimos por barril, enquanto ele já passou há muito tempo os 100 dólares por barril.

 

- Reservas de gás natural e de xisto, que dá para Portugal pelo menos para 100 anos sem precisar de ninguém.

 

E isto é apenas a ponta do iceberg que circula pela Internet…

 

Portugal é possivelmente o país mais rico da UE, na sua dimensão, e é levado à ruína pelos seus governantes.

 

Senhores Governantes, por favor valorizem o vosso país, em vez da vossa carteira!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:01

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

«TOURO NÃO RESISTE À TORTURA E REVIDA EM SEU ALGOZ NA ESPANHA»

É a Lei do Retorno a funcionar em pleno. Por vezes demora… Mas nunca falha.

 

“El Cordobés” teve o que mereceu. O Touro apenas se defendeu do seu carrasco.

 

Se ao Touro não dói (não é o que dizem?) ao torcionário também não. Afinal… são ambos animais com a mesma morfologia…

 

Toureiro El Cordobés é atingido por touro. Foto: Mirror.UK

 

Por Patricia Tai

 

«O popular toureiro espanhol chamado Manuel Díaz, conhecido como “El Cordobés”, foi atingido por um touro durante o Festival de Pilar em Zaragoza, na Espanha. As informações são do Mirror do Reino Unido e do MundoToro.

 

Segundo a reportagem, a multidão gritou horrorizada quando o enorme touro negro voltou-se “sem aviso” contra o toureiro.

 

 El Cordobés não teve tempo para fugir e os chifres do touro furaram o seu abdómen, girando-o e batendo-o de volta ao chão. Os espectadores assistiram assustados enquanto o homem foi repetidamente chifrado na região abaixo do estômago, próximo à virilha.

 

Ele foi levado às pressas para fora da arena e encaminhado à enfermaria do local assim que touro parou de lhe atacar e seu rosto pálido “mostrava agonia”.

 

Apesar da gravidade dos ferimentos, o mesmo não corre risco de morte, de acordo com informações do site “MundoToro”, que também divulgou que o toureiro já havia sido atingido de raspão na axila em sua primeira apresentação no evento.

 

Situações como essa são relativamente comuns e esperadas. Animais não humanos apenas atacam para se defender. O touro já estava com várias “bandarilhas” espetadas em seu dorso quando atacou o toureiro.

 

Os touros são submetidos a verdadeiras torturas durante esses vergonhosos eventos chamados “espectáculos” de entretenimento humano. Para saber detalhes sobre isso, veja a imagem muito divulgada na Internet chamada “Anatomia do sofrimento de um touro… » 

 
 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 14:05

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 3 de Outubro de 2013

ESTA É A VERDADE SOBRE O COSTUME BÁRBARO DA TOURADA À CORDA NAS ILHAS DOS AÇORES

 

E este é o “postal” da vergonha açoriana que correrá mundo…

 

«Isto é o embrutecimento de um povo a todos os níveis. Isto é degradante e o pior é que tem o aplauso dos políticos, seres insensíveis a todos os níveis. Acordai, povo!

 

 

 Eu já vi touradas à corda ao vivo e a cores por isso posso dizer que aqui HÃO HÁ MANIPULAÇÃO NENHUMA DE IMAGENS, o que aqui se vê é a REALIDADE NUA E CRUA e os terceirenses sabem que é assim.

 

 Contra factos não há argumentos. A população da Terceira é culta? Qual o grau de iliteracia?... Tenho pena mas a evolução não passa pela ilha, o povo continua embrutecido.

 

Isto é ser bravo? O conceito de bravo, pessoa corajosa, é bem diferente! Touradas é o mais completo atraso! E há coisas que têm de ser reveladas: comumente os testículos do touro também são alvo de "brincadeiras". Por essa gente só se sente repulsa!»

 

 
 

ESCLARECIMENTO  

 

Por Jay Nandi

 

«1.º O governo dos Açores e autarquias açorianas roubam e desviam milhares de euros todos os anos aos açorianos necessitados para entregar o dinheiro à indústria tauromáquica. Os grupos anti touradas açorianos têm divulgado inúmeros documentos oficiais publicados no Jornal Oficial da Região Autónoma que comprovam a atribuição de verbas à tauromaquia e as contas dos municípios também comprovam o mesmo. Não é possível negar porque o desvio de verbas está documentado, publicado e acessível para todos. Para além de não se interessarem por se informarem, não têm um pingo de vergonha na cara em mentir descaradamente.

 

As licenças pagas não chegam nem de longe, nem de perto para pagar os prejuízos causados pelas touradas à corda. Para além dos custos humanos, com policiamento e fiscalização municipal, as touradas à corda acarretam graves danos nas vias públicas, designadamente no mobiliário urbano muitas vezes destruído. Também o património privado é danificado e muitas vezes as pessoas não são ressarcidas dos prejuízos causados. As estradas são cortadas, pessoas são impedidas de se deslocarem para o trabalho e viverem uma vida normal, o que naturalmente se traduz em prejuízo individual e colectivo incalculável.

 

2.º Não é verdade que exista um grande número de vendedores ambulantes nas touradas à corda. Muito menos é verdade que esses vendedores ambulantes não pudessem vender os seus produtos em outras festas e lugares. O que os lunáticos aficionados chamam de tascas, trata-se afinal de contas de latas velhas sobre rodas que representam um perigo para a saúde pública. Nem no mais pobre país da África sub sariana essas latas sujas e imundas poderiam ser consideradas como tendo peso na economia.

 

Comida e bebida não tem de ser à custa de sofrimento desnecessário dos animais. Comam e bebam sem castigar seres inocentes. Portem-se como humanos civilizados.

 

3.º Como é sabido por todos, o lixo causado pelos fanáticos e bêbados das touradas à corda perdura nas ruas vários dias e os municípios cúmplices com a máfia tauromáquica querem tudo menos aplicar multas aos seus amigos mafiosos. São os serviços das câmaras que acabam por limpar o rasto de imundice dos tarados da tortura à corda. Portanto, tudo pago pelos contribuintes.

 

4.º O dinheiro angariado é uma ficção e a única realidade que se vê são casas, carros e património público vandalizado no rasto de destruição deixado pelas touradas à corda. As pessoas não são tidas em consideração quando se realizam touradas à corda e têm de se fechar em casa durante a tourada e acarretar com os estragos feitos nas suas casas. Não raras vezes os moradores ficam em silêncio porque têm medo de protestar contra as máfias que organizam os eventos de tortura de bovinos com cordas.

 

5.º A ilha Terceira é das que têm menos visitantes no conjunto do arquipélago dos Açores e isso deve-se em grande parte a estas práticas trogloditas de bandos de bêbados atacarem animais pelas ruas. A tourada à corda é alvo de chacota no mundo inteiro e isso pode ser verificado nos vídeos das marradas que circulam pela Internet, que constituem um vexame para todos os portugueses. Acéfalos embriagados que voluntariamente levam cornadas, ficando feridos (ou mortos), não é coisa que orgulhe ninguém no seu juízo perfeito.

 

As touradas à corda contribuem em larga medida para a Terceira se manter no ranking de níveis de alcoolismo. São os próprios frequentadores das touradas à corda que confirmam o abuso escandaloso de álcool que é prática habitual.

 

Não é verdade que torturar animais seja um gosto “cultural”, porque se trata de uma doença estudada pela psiquiatria forense e claramente diagnosticada pelos médicos psiquiatras. A tourada à corda não tem nada de intelectual, é pura violência gratuita contra os animais. E como todos sabem, em Portugal tal como em todos os lugares civilizados, a violência injustificada contra os animais é proibida por lei. Por isso, torturar animais não é um direito ou liberdade, mas sim uma violação da lei.

 

As touradas sustentam apenas a economia de meia dúzia de famílias da indústria tauromáquica e, sem dúvida, atrasam a evolução civilizacional e económica dos Açores.»

 

***

Este texto já foi publicado neste Blog. Mas nemhum terceirense veio rebater nenhum dos pontos aqui referidos. Apenas projectaram, nos autores do Blog e do texto, em "conversa" de Facebook, todo o ódio e complexos que sentem por não serem normais, como toda a gente.

 

Além de que contra factos não há argumentos.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:51

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 1 de Julho de 2013

AFICIONADOS, OLHEM A MINHA CARA DE MEDO...

 
 
 

Vamos ajudar Nuno Carvalho nesta mais que justa pretensão...

Digo eu : "Essa gaja não pode ficar impune..."

PALAVRAS DO NUNO :"Vou processar a senhora que escreveu isto! Não é a primeira vez que fala no meu nome e que se dirige a minha pessoa de forma indecente e com palavras barbaras...será que nem respeitam uma morte???! Ajudem me e levar esta senhora a tribunal.


Sera que não se lembram que uma pessoa tem família e amigos que ficam fragilizados e brutalmente ofendidos ao lerem este tipo de coisas na Internet..."

  Leiam este trecho da postagem dessa doente...   "E agora que José Maria Cortes morreu, é chegado o momento de REVEREM o que andam cá a fazer os forcados.

Nada vai trazer de volta este jovem, que optou livremente por ser forcado.
Morrem. Ficam tetraplégicos. Valerá a pena?

A melhor homenagem que poderiam fazer ao falecido era ACABAREM COM ESTA VIOLÊNCIA de uma vez por todas, pois de toda a tourada (que já é um asco) a parte dos forcados é a mais violenta, porque atacam covardemente um Touro moribundo. E isso é demasiado macabro.

A violência sempre gerou violência. E o resultado foi o que se viu nessa rixa, onde correu muito álcool (que é outra praga na tauromaquia)..."

http://sortesdegaiola.blogspot.com/2013/07/vamos-ajudar-nuno-carvalho-nesta-mais.html

 


***

 

PROCESSEM À VONTADE, MAS, POR FAVOR, NÃO VÃO TORTURAR MAIS TOUROS PARA ANGARIAR DINHEIRO PARA PAGAR OS ADVOGADOS

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:00

link do post | Comentar | Ver comentários (7) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 24 de Junho de 2013

2013 É O ANO DAS BANCADAS VAZIAS NAS ARENAS DE MORTE DE PORTUGAL

 

É também o ano da morte das touradas, das garraiadas, das vacadas, da sordícia da tauromaquia…

 

 

 

E tudo continua a correr como o previsto: a arena do campo pequeno está a esvaziar-se. Pela terceira vez consecutiva teve mais de dois terços dos lugares vazios e apenas cerca de um terço dos lugares preenchidos, nas FESTAS DOS BRONCOS.

 

Só que hoje em dia, os broncos estão a diminuir. Ou por tomada de consciência, ou porque têm vergonha de serem fotografados e aparecerem escarrapachados na Internet, como os BRONCOS DO ANO!

 

Mas por todo o país, as Festas dos Broncos têm tido pouca afluência.

 

E não venham pôr a culpa na CRISE, porque não há crise na tauromaquia.

O que há é que a tourada ESTÁ MORTA.

E os tauricidas muito desacreditados.

 

Pois, se todo o mundo já sabe que não passam de psicopatas! 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:14

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

PUNIÇÃO PARA OS RESPONSÁV...

AS PERGUNTINHAS DO TOINO ...

O QUE SOU

MALTRATO ANIMAL, EM ANGRA...

DO PRIMITIVO PROGRESSO AO...

SENHORES GOVERNANTES, POR...

«TOURO NÃO RESISTE À TORT...

ESTA É A VERDADE SOBRE O ...

AFICIONADOS, OLHEM A MINH...

2013 É O ANO DAS BANCADAS...

Arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA, A AUTORA DESTE BLOGUE NÃO ADOPTA O “ACORDO ORTOGRÁFICO” DE 1990, DEVIDO A ESTE SER INCONSTITUCIONAL, LINGUISTICAMENTE INCONSISTENTE, ESTRUTURALMENTE INCONGRUENTE, PARA ALÉM DE, COMPROVADAMENTE, SER CAUSA DE UMA CRESCENTE E PERNICIOSA ILITERACIA EM PUBLICAÇÕES OFICIAIS E PRIVADAS, NAS ESCOLAS, NOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, NA POPULAÇÃO EM GERAL E ESTAR A CRIAR UMA GERAÇÃO DE ANALFABETOS.

BLOGUES

O Lugar da Língua Portuguesahttps://blogcontraatauromaquia.wordpress.comhttp://mgranti-touradas.blogspot.pt/https://protouro.wordpress.comhttps://protouro.wordpress.comhttp://animasentiens.com/http://www.matportugal.blogspot.pt

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt