Quinta-feira, 10 de Agosto de 2017

«GRUPO ORGANIZADO AGRIDE TOURO ATÉ À MORTE»

 

Uma excelente Crónica Ilustrada de Filipe Simões sobre o que se convencionou chamar de “festa brava”, e não passa de um atentado cobarde à vida de um ser indefeso, encurralado numa arena…

Vale a pena ler…

 

CRÓNICA 20248335_1561885053883410_360452075659372

 

Texto de Filipe Simões - artista

 

Crónica ilustrada para o Jornal O Riachense, Julho 2017

 

«Desde que o Homem é Homem - e já o é, dizem, há uma catrefada de tempo - que tem a mania de se achar mais que os outros. E quando digo os outros refiro-me a tudo, desde as alfaces e formigas até aos elefantes ou mesmo outros seres humanos, seus semelhantes.

 

O Homem, reparem que escrevi com letra maiúscula, tem por hábito estabelecer hierarquias onde se coloca sempre no topo, claro, tudo o resto são servos. Se os caracóis soubessem o que é uma hierarquia se calhar também se punham no topo. Ainda bem que não sabem, pois seria uma estrutura bem viscosa.

 

Olhando para o passado recente, está logo à vista a inevitável questão dos escravos negros que nós tão bem chicoteámos durante gerações. Era uma delícia ver aqueles reles seres inferiores a servirem-nos e nós a manietá-los com toda a imponência e virilidade que nos caracteriza. Foi até alguém ter a brilhante ideia de que "eles" não são em nada inferiores a "nós". Enfim, tradições que se perdem. E bem!

 

Outra tradição que ainda resiste é a tauromaquia, que consiste em dar uma bela maquia aos tauros (brilhante jogo de palavras, sou realmente um ser superior!).

 

Se formos a analisar bem a coisa vemos que também aqui há bastante racismo. Primeiro, larga-se o indivíduo no meio de uma espécie de beco sem saída, mas redondo. Depois vêm uma data de rufias todos emproados, uns até montados no seu cavalo (cá está outra vez a mania de superioridade), mandam uns piropos sarcásticos ao tipo encurralado a ver se o provocam, "Oh oh oh, oh tu de chifres, anda cá a ver quem é o maior!", depois fazem umas fintas à Cristiano Ronaldo mas sem a bola, todos armados ao pingarelho e toca de dar umas facadas no cachaço, enquanto uma data de gente altiva ri e aplaude a elegância com que se procede à tortura do infeliz, que só deseja não ter saído da cama naquele dia. Bravo!

 

Depois do incidente, se houvessem bovinos jornalistas escreveriam a seguinte manchete: "Grupo organizado agride touro até à morte", e no corpo da notícia poderiam ler-se frases como: "Ao que tudo indica trata-se de uma quadrilha referenciada pelas autoridades" e "O touro ainda tentou defender-se marrando naquele que alegadamente seria o chefe do clã, mas de nade lhe valeu". De facto, há tradições muito giras.

 

Ah! já agora, outra tradição que houve em muitos povos era aquela em que se faziam sacrifícios humanos em nome dos Deuses. Felizmente houve quem conseguisse sacrificar essas tradições em nome do Homem.»

 

Fonte:

https://www.facebook.com/FilipeSimoesArt/photos/a.337187326353195.76643.199439953461267/1561885053883410/?type=3&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 09:59

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 28 de Junho de 2015

COMUNICADO MCATA: ATENTADO CONTRA AS CRIANÇAS EM ANGRA DO HEROÍSMO

 

CRIANÇAS AÇORES.jpg

 

O Movimento Cívico Abolicionista da Tauromaquia nos Açores (MCATA) condena veementemente a organização por parte da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo duma nova “Corrida de touros para crianças” no âmbito das suas festas “Sanjoaninas”. Tal como em anos anteriores, a Câmara de Angra, através da sua Comissão de Festas e da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, convidou diversas instituições de ensino escolar e pré-escolar a estarem presentes, com entrada gratuita, neste evento que vai realizar-se (já se realizou) no dia 25 de Junho na Praça de Touros da Ilha Terceira.

 

Nesta “corrida” as crianças são obrigadas a assistir à reiterada tortura de animais mediante a utilização de bandarilhas, chegando mesmo a haver intervenção de alguns menores de idade na arena. Depois todas as crianças são levadas à arena e são incentivadas a utilizar bandarilhas e a simular a sorte de varas, prática proibida no nosso país, sobre bonecos que personificam os touros, naquilo que a organização chama “actividades taurinas infantis”.

 

A natureza violenta desta actividade pode ser vista no vídeo de promoção do evento, disponível na internet:

http://www.tertulia-terceirense.pt/diadascriancas.mp4

 

A realização deste evento, organizado pela Câmara Municipal e com a total cumplicidade do Governo Regional, contraria as legislações nacional e internacional. A legislação portuguesa proíbe a assistência a espectáculos tauromáquicos a menores de doze anos. E a nível internacional, a Convenção dos Direitos das Crianças da ONU exortou a Portugal a tomar as medidas necessárias para afastar os menores das touradas, considerando o impacto que tem sobre as crianças a “violência física e mental associada à tauromaquia”.

 

Mas nada disto parece preocupar o Governo Regional nem a Câmara Municipal, que ainda neste dia 23 vai organizar uma “Espera de gado para crianças”, expondo crianças ao contacto directo com os animais. Assim, na nossa região o respeito pelas crianças e pela legislação vigente parece ser pouco mais do que uma miragem.

 

Lembremos ainda que nesta época de grave crise económica para a Terceira, com a região a contribuir com um Plano de Revitalização Económica para esta ilha, a Câmara de Angra do Heroísmo permitiu-se esbanjar a quantia de 100 mil euros para financiar directamente actividades tauromáquicas como esta corrida para crianças ou a importação de touros de Espanha.

 

Todos nós, com os nossos impostos, pagamos estes disparates e este absurdo atentado contra as crianças. É assim que os Açores vão continuar a denegrir a sua imagem em pleno século XXI? Comunicado do Movimento Cívico Abolicionista da Tauromaquia nos Açores (MCATA)

http://iniciativa-de-cidadaos.blogspot.pt/

23/06/2015

***

OS AÇORES NO SEU PIOR

Uma vez mais as autoridades portuguesas fazem vista grossa, violam as leis e incentivam as crianças á violência.

E isto não será CRIME?

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:57

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 22 de Junho de 2014

ANÕES FORAM GRANDE FIASCO NA VACA DAS CORDAS EM PONTE DE LIMA

 

Era de se esperar, porque nem todos os limianos são broncos.

 

Alguns evoluíram, e hão-de evoluir mais, até porque este tipo de “divertimento” é do tempo em que não havia cinema, festivais de música, arraiais, televisão, corrida de carros e de carrinhos, enfim, quando o povo era bronco porque reinava a ignorância e a civilização ainda não tinha dado o ar da sua graça.

 

 

O que vemos na imagem é um atentado à dignidade humana

 

Além disso pelas fotos que podemos ver no link mais abaixo, parece que os aficionados não quiseram passar por broncos, pois não os vimos vestidos com as t-shirts oficias do “evento”.

 

A Vaca das Cordas? Tem os seus dias contados.

 

O povo culto de Ponte de Lima não quer ver a sua terra na boca do mundo pelas piores razões, ou seja, pelo divertimento bronco e imbecil que é a chamada Vaca das Cordas.

 

 

Fonte:

http://www.jn.pt/multimedia/galeria.aspx?content_id=3984887
publicado por Isabel A. Ferreira às 15:29

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 15 de Abril de 2014

OUTRA ANEDOTA DA prótoiro, QUE NÃO DÁ UMA PARA A CAIXA

 

 

Esta vai ao cuidado das autoridades portuguesas e das comissões de protecção de menores, que se nada fizerem serão cúmplices deste atentado contra a inocência das crianças, que noutros países, onde há leis a sério, seria devidamente punido

 

 

Pobres criaturinhas, o que fizeram com elas? Quatro parvinhos fantasiados de bailarinas… (que a prótoiro permite partilhar)

 

O que diz a prótoiro:

 

«Será que vamos ter toureiros?

 

Nada nem ninguém pode limitar os direitos das crianças à cultura e a aceder aos valores pedagógicos da tauromaquia?

 

***

 

Não, não vão ter toureiros. Vão ter uns parvinhos, monstrinhos sádicos, incultos, ignorantes e violentos.

 

As autoridades portuguesas estão desautorizadas por esta gentinha inculta, pois dizem eles que «nada nem ninguém pode limitar os direitos das crianças à cultura e a aceder aos valores pedagógicos da tauromaquia».

Direitos das crianças a que cultura?

 

À cultura da bosta?


Valores pedagógicos de quêeeeeeee
?

 

Da baixeza moral e social da tauromaquia?

 

Isto não é de gente mentalmente desequilibrada ?

 

Andam todos a brincar a quê?

 

Aos parvinhos?

 

E a maioria dos deputados parlamentares e as comissões de protecção a menores (os grandes culpados desta parvoíce) são cúmplices?

 

Não terão um pingo de dignidade?

 

Este é o momento para porem um fim a esta vergonha, a este lixo, a este desamando.

Fonte:

https://www.facebook.com/PROTOIRO/photos/a.630387716995618.1073741835.118555858178809/755089861192069/?type=1&theater

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:58

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 21 de Maio de 2013

DENÚNCIA PÚBLICA: À ATENÇÃO DAS AUTORIDADES PORTUGUESAS: ISTO É UM ATENTADO À INTEGRIDADE MORAL E ÉTICA DAS NOSSAS CRIANÇAS

 

As crianças não merecem ser insultadas desta maneira. Quem as defende destes castrados mentais? Onde está a Comissão de Protecção a Menores?

 

O que tem a dizer o Ministério da Educação?

 

 

 

No Dia Mundial da Criança oferecem-lhe VIOLÊNCIA para festejar o dia

 
 

 

Este menino, se não o tirarem deste mundo desprezível, será um adulto violento, que maltratará a vida dos que o rodearem. Está escrito, algures… 

 

 

 

Clube taurino de Alter-do-Chão: estas crianças só não serão os futuros torcionários porque a tauromaquia está ligada à máquina que a mantém viva, mas que será desligada a qualquer momento

 

 

 

 

Concurso da Revista Quinto Toiro em parceria com a Tertúlia Tauromáquica Terceirense, destinado a crianças do Ensino Primário: um incitamento à violência consentido pelas autoridades

 

 

 

Por muito menos retira-se as crianças aos pais; mas a um pai assim, que devia estar num hospital psiquiátrico, não o fazem… Porquê?

 

 

 

 

Crianças tão inocentes, como os Touros e Cavalos que serão sacrificados neste ritual parolo, tão fora do tempo, veja-se a indumentária dos miúdos que foram para o meio desta arena (campo pequeno) forçados, o que é óbvio no semblante delas

 

 

 

Escola taurina de Alter-do-Chão. Escola pública, onde o nosso dinheiro é gasto para ensinar crianças a serem torturadores e matadores de Touros

 

***

TIDO ISTO É UM CRIME HEDIONDO COMETIDO CONTRA AS NOSSAS CRIANÇAS, APOIADO PELAS AUTORIDADES PORTUGUESAS.

 

POR QUE PRINCÍPIOS SE REGERÃO ESTAS “AUTORIDADES?

 

***

«Princípios de integridade, moral e ética são imutáveis!!!»

 

Por Celso de Deus

 

«A Integridade, apesar de ser muito citada como qualidade de um ser humano específico, nem sempre é compreendida em toda a sua extensão. Ser íntegro significa, ser alguém de conduta recta, possuidor ou que se atribui honra, ética. O individuo que é integro é justo e quase sempre puro, ou seja quase perfeito e, digo quase considerando que a perfeição inexiste.

 

A vida íntegra de um homem, género humano, corresponde a honra em todas as ocasiões, inclusive na fama e na intimidade pessoal, do nome, e dos sentimentos. Um homem íntegro pressupõe conter alguns aspectos de personalidade e integralidade, portanto, se coaduna com um ser respeitoso e com alto conceito moral, e, quem tem moral é íntegro.

 

Assim um ser humano íntegro – seja qual for o género -  não se vende por situações momentâneas e conjunturais, nem infringe normas e leis que venha prejudicar alguém ou a colectividade, seja lá por que motivo. A moral de uma pessoa não tem preço e é indiscutível.

 

É assim que conceitualmente enxergo um ser humano íntegro e de moral ilibada, apesar de que no mundo real a questão da integridade tem dependido muito do preço. Daí a afirmação de que todo mundo tem o seu preço, contudo, para alguns poucos, não vai existir nunca um preço capaz de comprar a sua honra, porem isso tem sido cada vez menos comum, o que é lamentável.

 

Ultimamente um homem de honra e íntegro, em determinados meios não é acolhido e, é considerado até indesejado porque a sua conduta recta não aceita e não participa do comportamento corrupto que se instalou nas sociedades do mundo. Um ser humano, íntegro e de honra acaba sendo semelhante a uma mosca branca, difícil de se encontrar.»

 

http://www.celsodedeus.com.br/artigos/comportamento-social/246-principios-de-integridade-moral-e-etica-sao-imutaveis

 

***

Mais um abuso de crianças a que os governantes fazem vista grossa, em nome de interesses económicos.

Quem protegerá as nossas crianças se os próprios pais as atiram às feras que se dizem "seres humanos"?

 

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/anuncios--criancas

 

(Texto enviado às autoridades portuguesas)

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:30

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

«GRUPO ORGANIZADO AGRIDE ...

COMUNICADO MCATA: ATENTAD...

ANÕES FORAM GRANDE FIASCO...

OUTRA ANEDOTA DA prótoiro...

DENÚNCIA PÚBLICA: À ATENÇ...

Arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA, A AUTORA DESTE BLOGUE NÃO ADOPTA O “ACORDO ORTOGRÁFICO” DE 1990, DEVIDO A ESTE SER INCONSTITUCIONAL, LINGUISTICAMENTE INCONSISTENTE, ESTRUTURALMENTE INCONGRUENTE, PARA ALÉM DE, COMPROVADAMENTE, SER CAUSA DE UMA CRESCENTE E PERNICIOSA ILITERACIA EM PUBLICAÇÕES OFICIAIS E PRIVADAS, NAS ESCOLAS, NOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, NA POPULAÇÃO EM GERAL E ESTAR A CRIAR UMA GERAÇÃO DE ANALFABETOS.

BLOGUES

O Lugar da Língua Portuguesahttps://blogcontraatauromaquia.wordpress.comhttp://mgranti-touradas.blogspot.pt/https://protouro.wordpress.comhttps://protouro.wordpress.comhttp://animasentiens.com/http://www.matportugal.blogspot.pt

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt