Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

A IGNORANTE ISABEL A. FERREIRA RESPONDE A JOANA PEREIRA

 

 

A imagem da covardia: tantos contra um, estando esse um já bastante torturado... É este evento que a Cruz Vermelha Portuguesa tem a missão de apoiar, Joana Pereira?

 

 

Bem, isto vem a propósito do nosso texto intitulado «COMUNICADO DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA (DELEGAÇÃO DE ÉVORA) SOBRE A GARRAIADA DA QUEIMA DAS FITAS 2012», publicado neste Blog, no seguinte link:

 

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/114861.html

 

Então a JOANA PEREIRA (não sei se pertencerá à CVP) enviou-nos o comentário que se segue, que preferimos publicar aqui, e responder aqui.

 

«Em resposta ao comentário ignorante da Sra. D. Isabel A. Ferreira, que revela uma enorme falta de informação, cumpre esclarecer.

A Garraiada Académica, espetáculo inserido na Queima das Fitas, é autorizado pelo IGAC (Inspecção Geral das Actividades Culturais)».

 

(SABEMOS DISSO. E DAÍ?).

 

«Assim sendo, uma vez autorizados por quem de Direito, devem ser legalmente fornecidos todos os meios necessários para que o evento ocorra em segurança, tal como apoio dos Bombeiros Voluntários e Ambulância para assistir eventuais feridos».

 

(SABEMOS DISSO. E DAÍ?)

 

 «Aliás, o mesmo sucede com a meia dúzia de provocadores, nos quais a senhora seguramente se inclui, que se deslocam à porta das praças de toiros deste país para passar o tempo, que por pura cobardia solicitam "escolta policial", ocupando estes profissionais com assuntos menores, impedindo-os de combater a criminalidade deste país, ao passarem horas de trabalho a "aquecer as costas" a meia dúzia de provocadorzecos, que não têm a noção do que significa acabar com esta tradição da festa brava, com séculos de história no nosso País. Quer queiramos, quer não, é assim que funciona, se a manifestação é autorizada, se solicitado, é concedido apoio policial

 

(ORA AQUI QUEM SÃO OS COVARDES? QUEM VAI DAR A CARA POR UMA CAUSA JUSTA, ISTO É, PELA ABOLIÇÃO DA TORTURA DE SERES VIVOS, OU OS QUE VÃO TORTURAR, VER E APLAUDIR SERES VIVOS INOCENTES E INDEFESOS PARA SE DIVERTIREM?

 

O QUE SIGNIFICA ACABAR COM ESTA “TRADIÇÃO DE FESTA BRAVA”?

SIGNIFICA ACABAR COM UM ACTO CRUEL, PRIMITIVO, A CHEIRAR A MOFO, QUE NÃO DIGNIFICA PORTUGAL, NEM OS SERES HUMANOS.


E QUER QUEIRAM QUER NÃO, A TRADIÇÃO É A PERSONALIDADE DOS IMBECIS (CITANDO ALBERT EINSTEIN, O SÁBIO).

 

«Um comentário dessa natureza, esse sim, choca a sensibilidade de qualquer pessoa de bem, sugerindo que uma instituição como a Cruz Vermelha se abstenha de prestar cuidados aos intervenientes e assistentes de um espetáculo que é legal em Portugal

 

(CHOCAR A SENSIBILIDADE DE QUEM??????????????  DAQUELAS PESSOAS QUE VÃO TORTURAR, VER E APLAUDIR SERES VIVOS? ISTO É UMA ANEDOTA, JOANA PEREIRA?

 

SENSIBILIDADE? VEM FALAR-NOS EM SENSIBILIDADE?

 

NEM TUDO O QUE É LEGAL É OPORTUNO. VEJA-SE: UMA DROGA CHAMADA “ÁLCOOL” É LEGAL E TÃO, MAS TÃO MALÉFICA... NEM TODOS DEVEM INGERI-LA).

 

«Por último, em face deste brilhante comentário, cumpre salientar que ao não patrocinar a Cruz Vermelha está, de facto, a assumir uma posição de neutralidade, abstendo-se de tomar uma posição, mas assegurando os cuidados de saúde aos cidadãos e abstendo-se de praticar o acto criminoso que esta senhora sugere, omitindo auxílio e cuidados de saúde a pessoas que, única e exclusivamente, têm uma opinião divergente da sua.

 

 Joana Pereira»

 

(SE FOSSE ASSIM TÃO SIMPLES, JOANA PEREIRA...

 

A CRUZ VERMELHA PORTUGUESA TEM O DEVER DE PRESTAR AUXÍLIO A QUEM DELE PRECISAR, EM SITUAÇÕES DE GUERRA, DE CONFLITO, DE FESTAS, DE PARADAS GAY... MAS NÃO EM CENÁRIOS DE TORTURA DE SERES VIVOS PARA DIVERSÃO...

 

A CRUZ VERMELHA PORTUGUESA SE SE RECUSASSE A APOIAR UM EVENTO BRUTO PARA DIVERSÃO ESTARIA A CUMPRIR A SUA MAIOR MISSÃO: ZELAR PELA VIDA DOS SERES VIVOS. OU ACHA A JOANA PEREIRA QUE APOIAR GARRAIADAS, TOURADAS E OUTROS ACTOS QUE IMPLIQUEM TORTURA FÍSICA OU MESMO PSICOLÓGICA DE SERES VIVOS, AINDA QUE NÃO HUMANOS, PARA DIVERTIR UM PUNHADO DE SÁDICOS É UMA MISSÃO NOBRE?

 

SE TODAS AS ENTIDADES (BOMBEIROS, PSP, GNR, CVP, VETERINÁRIOS/CARNICEIROS SE RECUSASSEM A APOIAR ESTES EVENTOS SANGRENTOS ELES NÃO SE REALIZARIAM.

 

QUALQUER PESSOA COM UMA PROFISSÃO HUMANISTA PODE RECUSAR UMA MISSÃO, APELANDO PARA A OBJECÇÃO DE CONSCIÊNCIA, OU SEJA, É CONSIDERADO COMO OBJECTOR DE CONSCIÊNCIA, QUEM, POR MOTIVOS DE ORDEM FILOSÓFICA, ÉTICA, MORAL E RELIGIOSA, ESTEJA CONVICTO DE QUE NÃO LHE É LEGÍTIMO OBEDECER A UMA ORDEM ESPECÍFICA, POR CONSIDERAR QUE ATENTA CONTRA A VIDA, A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA OU CONTRA O CÓDIGO DEONTOLÓGICO.

 

ORA AQUI ENCONTRAMOS MATÉRIA SUFICIENTE PARA A TAL OBJECÇÃO DE CONSCIÊNCIA.

A CRUZ VERMELHA PORTUGUESA AO APOIAR UM EVENTO CRUEL, NÃO ESTÁ A CUMPRIR QUALQUER MISSÃO HUMANITÁRIA.

 

ESTÁ A SER CÚMPLICE DA BARBÁRIE.

 

E BASTA!

 

PORTUGAL TEM DE SE VER LIVRE DESTES INSULTOS À INTELIGÊNCIA E À ESSÊNCIA DOS SERES HUMANOS.

 

BASTA DE IGNORÂNCIA!

 

SÓ MAIS UM PORMENORZINHO, ENVIADO POR ALGUÉM QUE SABE DAS COISAS:

 

«O espectáculo até pode ser legal, mas vejamos, enquanto a Cruz Vermelha está a dar apoio a umas dezenas de energúmenos que se dedicam a brutalizar garraios num espectáculo deplorável, está a ser afastada de outras missões e de pessoas que realmente necessitam. Pessoas que não se magoaram ou feriram porque se queriam divertir a torturar animais.

 

O mesmo acontece quando se realiza uma tourada em que o hospital mais próximo está de prevenção e em caso do "artista" se lesionar é atendido preferencialmente mesmo que nas urgências estejam outras pessoas com lesões graves e que nada fizeram para acabar numa urgência hospitalar.

 

Quanto à protecção policial ela é necessária porque é por demais sabido que sem essa protecção seríamos linchados pelos aficionados que se auto-proclamam de pessoas pacíficas e não violentas.

 

Essa senhora também deve desconhecer que cada vez que ocorre uma tourada os polícias também deixam de combater a criminalidade para estarem presentes na tourada. E não são só polícias fardados, são também polícias à paisana. Se todos estes agentes não tivessem Ee ser mobilizados para o tal espectáculo legal estariam a combater a criminalidade «.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:33

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos

O MUNICÍPIO DA MAIA MOSTROU SER CIVILIZADO E UM EXEMPLO PARA AQUELES MUNICÍPIOS QUE AINDA VIVEM NA IDADE MÉDIA

 

 

MUNICÍPIOS PORTUGUESES,

 

AUTARCAS PORTUGUESES,

 

PONHAM OS OLHOS NA MAIA...

 

USEM A VOSSA INTELIGÊNCIA.

 

SEJAM CIVILIZADOS...

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:00

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 30 de Maio de 2012

UM INSULTO À DIGNIDADE DA ARTE FOTOGRÁFICA

 

 

Esta foto, de Inácio Ramos Jr., venceu um concurso de "fotografia taurina” promovido (adivinhe-se lá por quem?)... pela Tertúlia Tauromáquica da Faculdade de MEDICINA VETERINÁRIA DE LISBOA!

 

 

Parece impossível?

Parece.

Mas é verdade.

 

Eis a fonte: http://farpasblogue.blogspot.pt/2012/05/inacio-ramos-jr-vence-concurso-de.html

 

A foto merece todo o repúdio de um Ser Humano Inteiro.

É atroz. É terrível. É bárbara. É inconcebível.

 

Mas que tivesse ganho um prémio? Ainda é mais inacreditável.

E que esse prémio fosse promovido por futuros “veterinários” (ou será melhor dizer carniceiros?), torna-se inimaginável.

 

Isto é um enorme INSULTO à dignidade da Arte Fotográfica.

 

Deixamos aqui o nosso REPÚDIO a esta OFENSA à inteligência humana.

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:58

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 29 de Maio de 2012

CRUZ VERMELHA PORTUGUESA (DELEGAÇÃO DE ÉVORA) SAI DO CARTAZ DA GARRAIADA, MAS CONTINUA A APOIÁ-LA...

 

 

Évora - Uma manifestação “cultural inferior” de estudantes do Ensino Superior... apoiada pela Cruz Vermelha Portuguesa

 

 

Porque as coisas não são assim tão lineares como parecem, e para esclarecer quem já criticou com estranha grosseria o texto anteriormente publicado neste Blog, sobre o Comunicado da Cruz Vermelha Portuguesa (Delegação de Évora) demarcando-se, esta, da publicidade de patrocínio à Garraiada Académica da Queima das Fitas, a realizar no dia 02 de Junho próximo, aqui deixamos uma troca de ideias entre nós e a Directora Técnica da Delegação de Évora da CVP.

Observação: tornamos pública esta troca de e-mails, porque a questão é PÚBLICA, e a entidade envolvida é PÚBLICA.
Os e-mails trocados não são do foro privado. E as questões públicas devem ser discutidas publicamente.

 

Recebido o comunicado, enviámos-lhe o link do nosso texto:

 

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/114861.html

 

A este texto a senhora Directora respondeu deste modo:

 

«Cumprimentos,

 

http://queima.aaue.pt/queima12/

 

***

 

NOSSA RESPOSTA:

 

Exma. Senhora:

 

A retirada do vosso logótipo do cartaz da Garraiada representa também a vossa retirada do evento?

Necessitaria de saber, para publicitar e felicitar a Cruz Vermelha Portuguesa, publicamente.

 

Muito obrigada.

 

***

 

RESPOSTA DA CVP (Delegação de Évora)

 

«Exma. Senhora,

 

A CVP, à semelhança de outras entidades públicas, são contratadas para um serviço concreto – no nosso caso: socorrer as pessoas que se encontram em determinado evento.

 

Seja qual for o evento, seja qual for a pessoa – para a Cruz Vermelha TODOS são dignos de serem socorridos: e com isto não quer dizer que apoiamos o evento ou, sequer, a sua natureza – pois estaremos onde for preciso (à semelhança da PSP ou GNR): numa manifestação, numa parada gay, na guerra, num jogo de futebol ou em qualquer outra situação em que a dignidade humana esteja colocada em causa….

 

Cumpts,

Susana Margarida Gouveia

Directora Técnica da

Delegação de Évora da Cruz Vermelha Portuguesa»

 

***

 

NOSSA RESPOSTA:

 

Exma. Senhora:

 

Agradeço os seus esclarecimentos, mas gostaria de acrescentar que lamentamos a vossa tomada de posição. Ainda tínhamos esperança de que pudessem interferir no sentido de evitarem que este evento se realizasse, se se recusassem a apoiá-lo.

 

E há antecedentes que não abonam nada o bom-nome que a CVP deveria ter:

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=320507074658621&set=a.175450882497575.38004.175436649165665&type=3&theater

 

***

 

A isto fez-se silêncio.

 

Só me resta acrescentar que a Cruz Vermelha Portuguesa (Delegação de Évora) não se demarcou da Garraiada, retirando-se do cartaz. Fez pior. Retirou o seu logótipo do cartaz, sim, mas continua a apoiar o evento.

 

Se na verdade a Cruz Vermelha entendesse que está a cumprir a sua missão, continuava com o logótipo no cartaz, pois seria muito mais honesto da parte deste organismo humanitário. Eu creio, eu faço.

 

O que fez, dá-nos a sensação de que algo está errado na atitude. Apoiam ou não apoiam a Garraiada?

 

É legal? É correcto. É cultura?

 

Então reponham lá o logótipo da Cruz Vermelha. Apoiem, mas apoiem com convicção.

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:41

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

«EL BOMBERO TORERO» NA BENEDITA SERÁ UMA ANEDOTA DE MAU GOSTO?

 

 

Isto só pode ser uma ANEDOTA, de muito mau gosto.

 

Repare-se no cartaz.

 

ANÕES TOUREIROS?

 

Serão mesmo reais, os anões ?

 

É que se são reais, recuou-se ao tempo da Idade Média, onde os anões e gente deformada eram mostrados nos circos, como animais não humanos.

 

Isto é verdade, ou entendemos mal?

 

Quero crer que entendemos mal.

 

Servirem-se do nome “BOMBEIRO” e misturá-lo com TOUREIRO (ou melhor, TORTURADOR DE TOUROS) é um INSULTO aos chamados “Soldados da Paz” que, pelo que temos visto, andam muito por aí a alinhar nestas coisas da tortura de seres vivos.

 

Não têm VERGONHA?

 

A Junta de Freguesia de Benedita, no Concelho de Alcobaça, terá o descaramento de levar adiante um “espectáculo” de tamanha indignidade?

 

E o que tem a dizer o Presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Jorge Marcos Inácio? Já passou a licença para tal vilania? Se passou, então é CÚMPLICE desta barbaridade.

 

 

 

Alcobaça, berço da Ordem de Cister, metida num espectáculo tão degradante e indigno de uma sociedade moderna e humana?

 

Servirem de bombeiros e anões?

 

Nós não acreditamos nisto.

 

Diga-nos que isto NÃO VAI ACONTECER, Senhor Presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio.

 

Siga o exemplo do Presidente da Câmara Municipal da Maia.

 

Diga-nos, por favor: ISTO NÃO VAI ACONTECER NA BENEDITA.

 

Isabel A. Ferreira

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:50

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

COMUNICADO DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA (DELEGAÇÃO DE ÉVORA) SOBRE A GARRAIADA DA QUEIMA DAS FITAS 2012

 

 

 

Évora, 28 de Maio de 2012

 

A Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Évora esclarece que se demarca da publicidade de patrocínio à Garraiada académica, a realizar dia 02 de Junho.

 

A Associação Académica da Universidade de Évora contratualizou o apoio sanitário da Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Évora para a Queima das Fitas 2012 – ou seja, para que, qualquer pessoa envolvida, em todas as actividades, tenha um socorro rápido e eficiente.

 

Naturalmente que a Cruz Vermelha Portuguesa não patrocina a Garraiada, porque pautamos a intervenção pelos nossos princípios fundamentais.

 

O princípio da Neutralidade obriga-nos a abster na tomada de parte em hostilidades ou em controvérsias de ordem política, racial, filosófica ou religiosa, pois só assim é possível de conservar a confiança de todos.

 

É este princípio que nos move nas intervenções da Cruz Vermelha em cenários de guerra ou conflito.

 

A nossa intervenção é apenas orientada para o socorro de quem necessita, não havendo da parte desta Organização Não Governamental uma tomada de posição perante o tipo de evento.

 

RESPOSTA AO COMUNICADO

 

Exma. Senhora Susana Gouveia (responsável pela Cruz Vermelha Portuguesa (Delegação de Évora):

 

Entendemos perfeitamente a vossa posição de apoio a quem necessita.

 

Mas neste caso não estão num cenário nem de guerra, nem de conflito.

 

Estão num cenário de TORTURA DE SERES VIVOS PARA DIVERTIMENTO, e a CRUZ VERMELHA deveria ser a primeira a desencorajar eventos deste género, tomando a posição de não colaboração em actos de tal covardia.

 

NEUTRALIDADE é para cenários de guerra ou de conflito, e não para um cenário de TORTURA para divertimento.

 

Além disso o nome da vossa Organização está ligado aos apoios/patrocinadores da GARRAIADA. Quer concordem ou não. Está aqui.

 

http://queima.aaue.pt/queima12/?p=268

 

E também já há antecedentes não muito abonatórios:

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=320507074658621&set=a.175450882497575.38004.175436649165665&type=3&theater

 

 

 Ao aceitar dar apoio à Queima das Fitas da Universidade de Évora, aceitaram implicitamente apoiar a Garraiada que, na verdade, não está de acordo com os princípios de uma instituição humanitária.

 

E foi este facto que nos CHOCOU.

 

Isabel A. Ferreira

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:34

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

CÂMARA MUNICIPAL DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS SACODE A ÁGUA DO CAPOTE EM RELAÇÃO À TORTURA DE TOUROS A REALIZAR EM LOUREIRO

 

 

Enviámos uma mensagem ao Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis a repudiar a realização de uma tortura de Touros e Cavalos no próximo dia 10 de Junho, numa terra que não tem tradição alguma destes espectáculos degradantes (se bem que esta seja a segunda “corrida” que se realiza).

 

RESPOSTA DA CÂMARA MUNICIPAL:

 

«Acusamos a receção do V/e-mail, abaixo referenciado, e compreendemos a preocupação demonstrada por V.as Exas, contudo, informamos que a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e a Junta de Freguesia de Loureiro apoiam os eventos desportivos do Centro Equestre de Loureiro, enquanto associação deste concelho, e na promoção do desporto equestre e adaptado.

 

No que respeita à Grande Corrida de Toiros no Centro Equestre de Loureiro, temos a informar V.as Exas, que todas e quaisquer dúvidas/sugestões/reclamações deverão ser dirigidas à respetiva associação, sendo esta uma iniciativa dos mesmos.

 

(Segue-se os contactos do Centro)

 

Com os nossos melhores cumprimentos.

O Gabinete de Apoio ao Presidente»

 

***

 

Colocamos então a questão: mas a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis não terá de passar uma licença para a realização deste triste “espectáculo”, segundo o que diz a lei?

 

Lei 92/95 CAPÍTULO II
Comércio e espectáculos com animais

 

CAPÍTULO II
Comércio e espectáculos com animais

 

Artigo 2.º
Licença municipal

 

Sem prejuízo do disposto no capítulo III quanto aos animais de companhia, qualquer pessoa física ou colectiva que explore o comércio de animais, que guarde animais mediante uma remuneração, que os crie para fins comerciais, que os alugue, que se sirva de animais para fins de transporte, que os exponha ou que os exiba com um fim comercial só poderá fazê-lo mediante autorização municipal, a qual só poderá ser concedida desde que os serviços municipais verifiquem que as condições previstas na lei destinadas a assegurar o bem-estar e a sanidade dos animais serão cumpridas.

 

***

 

Ora se esta tortura tem de ter (ou até já terá, segundo fomos informados) a tal licença, a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, através do seu Presidente, Senhor Hermínio Loureiro, é CÚMPLICE desta ignomínia.

 

E não adianta dar a desculpa de que a tourada é legal em Portugal.

 

O Presidente da Câmara Municipal da Maia teve a CORAGEM de não se vergar ao lobby tauromáquico, e PROIBIR a realização de um espectáculo de tão baixo nível, que só  desprestigiaria o seu município.

 

Não basta sacudir a água do capote, para dizer que não se molhou.

 

Se o Senhor Hermínio Loureiro passou a tal licença necessária, “MOLHOU-SE BEM MOLHADO”.

 

Nem sequer devia permitir as horrorosas “corridas de Cavalos”, porque o Cavalo é torturado fisica e psicologicamente para “correr”, e muitos deles ferem-se e morrem até.

 

Enfim, o Município de Oliveira de Azeméis não merece a parangona que gostaríamos de fazer, igual à que dedicámos ao Presidente da Câmara da Maia, a felicitá-lo pela lucidez do seu acto.

 

Lamentamos.

 

Mas o Senhor Presidente Hermínio Loureiro ainda vai a tempo de CANCELAR essa “coisa” infame que é a tortura de Touros e Cavalos, para divertimento dos sádicos.

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:05

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

ESTUDANTES DE ÉVORA, SEJAM SUPERIORES, DIGAM NÃO À GARRAIADA, QUE NÃO COMBINA NADA COM OS IDEAIS DO ENSINO UNIVERSITÁRIO

 

  

http://queima.aaue.pt/queima12/?p=268&utm_source=twitterfeed&utm_medium=facebook

 

São universitários?

 

Frequentam um CURSO SUPERIOR?

Para quê?

 

Se os vossos actos são INFERIORES?

 

GARRAIADA?

 

É coisa de mentezinhas ignorantes.

 

Honrem o vosso nome.

 

Honrem a vossa Universidade.

 

Deixem-se de mesquinhices.

 

Sejam HOMENS e MULHERES.

 

Os animais não são brinquedos.

 

Os animais são mais dignos do que aqueles que os torturam.

 

E vós, como ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS, devíeis ser os primeiros a dar um exemplo de INTELIGÊNCIA.

 

DIGAM NÃO ÀS GARRAIADAS.

 

Isso é coisa antiga. Primitiva. Cheira a mofo.

 

Venham para o Século XXI, depois de Cristo.

 

Sejam modernos.

 

Usam telemóveis, computadores e uma série de outras engenhocas, e fazem garraiadas?

 

Pobres mentezinhas!

 

Aproveitam-se da tecnologia, mas mentalmente não evoluíram NADA.

 

***

 

A VERGONHA DAS VERGONHAS

 

 

 

A CRUZ VERMELHA PORTUGUESA, delegação de Évora, patrocina a garraiada Académica da Universidade de Évora que tem lugar no próximo dia 2 de Junho.

 

Outros patrocinadores são a Caixa Geral Depósitos, a TMN, etc., ver imagem abaixo.

 

http://queima.aaue.pt/queima12/?p=268#more-268

 

Aproveitamos para dizer aos patrocinadores que BOICOTAREMOS os vossos produtos.

 

E diremos à CRUZ VERMELHA PORTUGUESA: fechem as vossas portas, pois são a VERGONHA das instituições humanitárias, uma vez que não  cumprem as vossas funções: defender a paz, garantir o respeito pela dignidade da pessoa humana, menorizar os efeitos da guerra e promover a VIDA e a saúde.

 

Ao patrocinarem uma GARRAIADA, estarão a promover a VIDA, ou a garantir o respeito pela dignidade da pessoa humana?

 

Quem tortura seres vivos não TEM DIGNIDADE.

 

E uma garraiada, embora se limitem a “brincar” com touros, psicologicamente constitui uma TORTURA para o animal.

 

Isto não é de gente que se diz HUMANA.

publicado por Isabel A. Ferreira às 13:54

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 27 de Maio de 2012

AS MEDÍOCRES TERRINHAS PORTUGUESAS QUE APOIAM A TORTURA DE TOUROS E CAVALOS E DESPRESTIGIAM PORTUGAL

 

 

Os Touros querem-se nos pastos, livres, inteiros, belos...

 

 

Este é um daqueles textos que não podem faltar no LIVRO NEGRO DA TAUROMAQUIA PORTUGUESA que está a ser escrito, para memória futura, uma vez que abolidas as touradas, todos vão querer dizer que nunca tiveram anda a ver com “isso”. Mas tudo ficará registado.

 

Começamos por referir os municípios que elevaram a tortura de Touros e Cavalos a Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal, por manifesta falta de “herança” mais erudita, e claramente, por cegueira dos seus promotores.

 

Embora este “património” valha ZERO, e um dia, os autarcas vindouros poderão até vir a sentir VERGONHA de tal coisa, aqui fica a listinha dos municípios que ainda não evoluíram:

 

São eles:

  1. Sabugal (Guarda)
  2. Vila Franca de Xira
    (Lisboa)
  3. Barrancos (Beja)
  4. Pombal (Leiria)
  5. Alter do Chão
    (Portalegre)
  6. Monforte (Portalegre)
  7. Fronteira (Portalegre)
  8. Portalegre
  9. Moura (Beja)
  10. Benavente
  11. Alcochete (Setúbal)
  12. Santarém
  13. Coruche
  14. Arruda dos Vinhos
  15. Moita do Ribatejo
  16. Salvaterra de Magos
    (Santarém)

 

 Com toda a certeza, que esta calamidade pública correrá todos os outros (eles são 39). Mas que importância terá isto? Nenhuma. Apenas serve para encher o ego de quem tem a tortura de Touros e Cavalos, como a coisa mais culta do mundo, e para DESPRESTIGIAR as terras que têm tal “património, e Portugal (o que, convenhamos, é desolador).

 

***

 

Já agora, para que conste vamos aqui deixar também a Composição da Secção de Municípios com

Actividade Taurina (em Maio de 2012)

 

Presidente:

 Coruche

Vice-Presidente:

 Santarém

Vice-Presidente:

Angra do Heroísmo

Secretário:

 Moita

Secretário:

Vila Franca de Xira

 

 

 


1 » Alandroal
2 » Alcácer do Sal
3 » Alcochete
4 » Almeirim
5 » Alter do Chão
6 » Angra do Heroísmo
7 » Arruda dos Vinhos
8 » Azambuja
9 » Barrancos
10 » Beja
11 » Benavente
12 » Calheta (Açores)
13 » Cartaxo
14 » Coruche


15 » Cuba
16 » Fronteira
17 » Golegã
18 » Lagoa (Algarve)
19 » Lisboa
20 » Moita
21 » Montijo
22 » Moura
23 » Pombal
24 » Portalegre
25 » Póvoa de Varzim
26 » Praia da Vitória
27 » Redondo
28 » Reguengos de Monsaraz


29 » Sabugal
30 » Santa Cruz da Graciosa
31 » Santarém
32 » Setúbal
33 » Sobral de Monte Agraço
34 » Sousel
35 » Velas
36 » Viana do Alentejo
37 » Vila Franca de Xira
38 » Vila Nova da Barquinha
39 » Vila Nova de Poiares

 

Desta lista destacamos a VERGONHA DO NORTE, ou seja, o município da Póvoa de Varzim, que se auto-proclama a “Cidade da cultura e do lazer”... (?)

 

http://www.anmp.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=95&Itemid=111

 

Toda esta actividade tem como cúmplices os seguintes organismos:

 

Assembleia da República Portuguesa

Presidente da República Portuguesa

Igreja Católica Portuguesa

Faculdades de Medicina Veterinária

Ordem dos Médicos Veterinários Portugueses

Dom Duarte Pio de Bragança (com as célebres Touradas Reais)

E claro dos portugueses, que com os seus IMPOSTOS subsidiam esta tortura e CALAM-SE.

 

Nós não nos calamos. Nós não somos cúmplices. Nós não aplaudimos a tortura de seres vivos. Nós não gostamos dos sádicos, dos necrófilos, dos torturadores, dos que se aproveitam da crueldade para encher os bolsos.

 

Nós exigimos a Abolição das Touradas em Portugal.

 

Queremos viver num país limpo do sangue da tortura de seres vivos inocentes.

 

 

 

 

 

E a Associação Nacional de Municípios Portugueses o que tem a dizer sobre esta VERGONHA? Também é CÚMPLICE?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:06

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

ASSOCIAÇÃO PRÓ TOIROS NA LINHA É UM INSULTO À VERDADEIRA CULTURA PORTUGUESA

 

 

Ainda bem que os estudantes estrangeiros, que vêm para Portugal estudar a nossa Cultura, nas Universidades, não têm que levar com esta: «A APTL é uma associação que valoriza as Tradições Portuguesas, as suas gentes, os seus Usos e Costumes, em suma, defende, e defenderá, as mais prestigiadas e nobres Tradições Portuguesas, as nossas Ganadarias e Coudelarias», frase de cabeçalho, na página desta Associação, no Facebook.

 

Dito assim, esta associação é um colossal INSULTO à verdadeira Cultura Portuguesa.

 

Seria a vergonha das vergonhas, para os estudantes estrangeiros, dizer-lhes uma coisa destas. E eles não entenderiam porquê.

 

Pensem um bocadinho, meus senhores. Realmente acham que tudo o que está ligado à tortura de Touros e Cavalos é nobre? A crueldade? A violência? O sangue? Tudo isto valorizará as tradições portuguesas? As suas gentes? Os seus usos e costumes?

 

Que ideia têm de nobreza, de dignidade, de humanidade?

 

Sabem, tudo o que dizem é fruto de uma desmedida FALTA DE CULTURA.

 

Por que não aceitam cultivar-se e viver no século XXI depois de Cristo?

 

O MUNDO EVOLUIU E VOCÊS NEM DERAM CONTA DISSO!

 

https://www.facebook.com/groups/359730424086900/360749413985001/#!/pages/Associa%C3%A7%C3%A3o-Pr%C3%B3-Toiros-na-Linha/355426217815228

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:24

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

ANTÓNIO BARRETO ESCREVEU ...

A CRUELDADE ESCONDIDA DA ...

SE A IGNORÂNCIA PAGASSE I...

TAURICIDA ESPANHOL FICA G...

CARTA ABERTA A MARCELO RE...

« O TOUREIO TEM OS DIAS C...

«VINHO, TOUROS E MULHERES...

ENTÃO NÃO SE VÊ LOGO QUE ...

RÁDIO CLUBE DE ANGRA COME...

SENTENÇA JUDICIAL: «A TAU...

Arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA, A AUTORA DESTE BLOGUE NÃO ADOPTA O “ACORDO ORTOGRÁFICO” DE 1990, DEVIDO A ESTE SER INCONSTITUCIONAL, LINGUISTICAMENTE INCONSISTENTE, ESTRUTURALMENTE INCONGRUENTE, PARA ALÉM DE, COMPROVADAMENTE, SER CAUSA DE UMA CRESCENTE E PERNICIOSA ILITERACIA EM PUBLICAÇÕES OFICIAIS E PRIVADAS, NAS ESCOLAS, NOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, NA POPULAÇÃO EM GERAL E ESTAR A CRIAR UMA GERAÇÃO DE ANALFABETOS.

BLOGUES

O Lugar da Língua Portuguesahttps://blogcontraatauromaquia.wordpress.comhttp://mgranti-touradas.blogspot.pt/https://protouro.wordpress.comhttps://protouro.wordpress.comhttp://animasentiens.com/http://www.matportugal.blogspot.pt

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt